terça-feira, 4 de julho de 2017

Marília Arraes recebe sinal verde de LULA para ser governadora em 2018

Marília Arraes recebe sinal verde de LULA para ser governadora em 2018

Related image

A vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), recebeu sinal verde do ex-presidente Lula, nesta segunda (03), em São Paulo, para disputar o Governo de Pernambuco nas eleições do próximo ano. Deu-se durante esse encontro, agendado pelo senador Humberto Costa (PT), uma confluência de vontades.
A candidatura dela atende ao próprio Lula, que vai precisar de um palanque em Pernambuco nas eleições presidenciais do próximo ano e ao que tudo indica não contará com o apoio do senador Armando Monteiro (PTB), que está engajado em outro projeto.
Atende também ao senador Humberto Costa, que apesar de ser a referência mais forte do PT em Pernambuco não pretende disputar cargo majoritário. Vai concorrer a uma vaga na Câmara Federal. E atende por fim à própria vereadora Marília Arraes, que não esconde dos íntimos o desejo de medir forças com o governador Paulo Câmara na sucessão de 2018.
Ela, literalmente, não tem nada a perder. Muito pelo contrário, vai se tornar um quadro majoritário e mesmo que perca a eleição voltará tranquilamente à Câmara Municipal do Recife.
Os ventos que sopram a favor
Um conjunto de fatores estimula Marília Arraes (PT) a entrar na disputa pelo Governo do Estado. Primeiro, ela está com vontade de ser candidata. Segundo, é neta de Miguel Arraes e prima de Eduardo Campos, que, mesmo mortos, ainda têm muita força em Pernambuco. Terceiro, é mulher e não tem o nome envolvido em nenhuma das operações da Polícia Federal. Quarto, ocupará uma lacuna deixada por Armando Monteiro ao se aproximar do presidente Michel Temer.
Marília poderá ter importantes apoios no Agreste Meridional
Taciana Carvalho/LeiaJáImagens/ArquivoCom à aproximação do senador e pré-candidato ao governo do estado, Armando Monteiro ao presidente Michel Temer (PMDB), Marília Arraes pode herdar importantes apoios em cidades do agreste meridional. Caso realmente seja candidata a governadora vários grupos políticos insatisfeitos com a postura de Armando podem migrar para Marília.
Um dos municípios que muito provavelmente estará no palanque de Marília é Águas Belas, do prefeito Luiz Haroldo (PT), que foi eleito com o apoio do ex-prefeito, Genivaldo Menezes, também do PT. É em Águas Belas que se desenha uma forte candidatura de Doriel Barros (PT), que é presidente da FETAPE e deverá ter o apoio de todo o movimento sindical dos trabalhadores.

Apoios também já foram identificados para a pretensa candidata do PT em Bom Conselho e Terezinha. Em Saloá e Paranatama, a neta de Miguel Arraes já tem apoios e poderá abocanhar os principais grupos de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB), caso Armando continue com a mesma postura de apoiar o presidente Michel Temer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.