terça-feira, 13 de junho de 2017

Professores da rede estadual de ensino decretam ESTADO DE GREVE

Professores da rede estadual de ensino decretam ESTADO DE GREVE


Em assembleia realizada na última quinta-feira, dia 8, os trabalhadores em educação de Pernambuco decretaram Estado de Greve, uma vez que, segundo o Sindicato da Categoria, o Governo do Estado não cumpre a Lei Federal nº 11.738 que assegura o reajuste salarial para os professores. É que a Gestão Paulo Câmara apresentou uma proposta de parcelamento do reajuste de 7,64%, que foi rejeitada pelos Professores da Rede Estadual de Ensino.

“A Lei do Piso determina, para este ano, a implementação de 7,64% de correção salarial, desde 1º de janeiro. Até agora, o Governo não cumpriu a Lei e ainda propôs dividir o reajuste em duas parcelas, 3,63% para outubro e 3,87% para fevereiro de 2018, sem retroativo”, registra Nota divulgada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE).


Além de o Estado de Greve, que é um período em que as ações de mobilização se intensificam por parte da Categoria, uma nova assembleia já foi marcada para o próximo dia 27 de julho, quando uma Greve Geral poderá ser decretada, inclusive com a possibilidade de os alunos da Rede Estadual nem voltarem às aulas após o recesso do próximo mês de julho. Com informações do blog do Carlos Eugênio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.