quarta-feira, 28 de junho de 2017

Agricultor é vítima de tentativa de latrocínio em Saloá e veículo com placas de Saloá foi roubado no magano em Garanhuns

Agricultor é vítima de tentativa de latrocínio em Saloá e veículo com placas de Saloá foi roubado no magano em Garanhuns

Image result for ocorrencias policiais

Um agricultor de 25 anos sofreu uma tentativa de latrocínio na noite da última terça-feira (27), na zona rural do município de Saloá, no Agreste de Pernambuco.

A vítima informou que trafegava em uma motocicleta por uma estrada vicinal do Sítio Santa Luz, quando dois homens não identificados ordenaram que ele parasse, ele teria acelerado e um dos criminosos efetuou um disparo atingindo o braço. A vítima conseguiu correr para o hospital local, recebeu atendimento e foi transferida para o Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns. A PM informou que a moto não foi levada

Já em Garanhuns, também na terça-feira (27), cerca de três elementos armados com armas de fogo e utilizando um veículo HB20 na cor preta tomaram de assalto uma picape Strada de cor branca. O assalto aconteceu por volta das 19h45m na Rua Abílio Camilo Valença no bairro do Indiano, em Garanhuns/PE. O veículo de placa OYQ-9235, da cidade de Saloá, desapareceu e não foi mais encontrado.

A Polícia Militar foi comunicada do assalto, realizou diversas diligências na região, mas não conseguiu prender os assaltantes. Com informações do Agreste Violento.

2018 Pernambuco terá Campos contra Campos

2018 Pernambuco terá Campos contra Campos

Image result for antonio campos e armando monteiro

O PSB pernambucano, adotou como tática não valorizar a saída do advogado Antônio Campos dos quadros do partido e a filiação dele a uma das legendas que fazem oposição ao governo de Paulo Câmara. Pode ser uma estratégia equivocada, pois não está em jogo nessa travessia a quantidade de votos que Antônio Campos eventualmente possa ter como candidato a deputado federal.

O que está em jogo é a carga simbólica que ele representa como neto de Miguel Arraes e irmão de Eduardo Campos, ambos ex-governadores.

Ao deixar o governo, para engrossar as fileiras da oposição, o advogado contribui para o fortalecimento da candidatura do senador Armando Monteiro (PTB) ao governo estadual, o que não é pouca coisa. Será um “Campos” no palanque de Paulo Câmara (João, chefe de gabinete do governador e filho de Eduardo Campos) e outro “Campos” (Antônio Campos) no palanque do senador, que poderá ter ainda um parente de Miguel Arraes (Marília Arraes, vereadora recifense) pedindo votos para ele.

Em entrevista ao blog do Magno Martins, o advogado Antônio Campos, irmão do ex-governador Eduardo Campos e filho da ex-deputada e conselheira do TCU, Ana Arraes, sinalizou que sua entrada no Podemos tem como objetivo apoiar a candidatura do senador Armando Monteiro a governador. “A prioridade do Podemos em Pernambuco é fortalecer o partido e fazer uma bancada Estadual e Federal.

O presidente estadual, que é o deputado federal Ricardo Teobaldo e eu estamos sintonizados, temos dialogado com as forças de oposição a atual gestão do Governo de Pernambuco, destacando o diálogo com o senador Armando Monteiro, que tem mostrado um projeto e força para liderar uma nova etapa política de Pernambuco”, afirmou.

A filiação de Antônio Campos ao “Podemos” fortalecerá e muito a candidatura de Armando Monteiro a governador.

Encceja irá substituir o ENEM como exame de conclusão do Ensino Médio

Encceja irá substituir o ENEM como exame de conclusão do Ensino Médio


Você já ouviu falar na avaliação do 
Encceja 2017 INEP para certificação de conclusão do Ensino Médio? Pois bem, a partir do segundo semestre deste ano, o ENEM se despede dessa função, e o Encceja assume a tarefa de deixar jovens e adultos aptos a buscarem uma formação superior.

Mas o ENEM irá acabar?

Não. O Encceja já aplica atualmente os exames para concluintes do Ensino Fundamental e irá se expandir para abranger também o Ensino Médio. O ENEM passa a ser apenas instrumento para ingresso no Ensino Superior.
Mas por que a decisão do Encceja 2017 INEP?
O Exame Nacional para a Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) não é nada novo. Foi criado em 2002 e é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).
Antes de 2009, o Encceja era o responsável por certificar alunos dos Ensinos Fundamental e Médio. Mas, após uma mudança no ENEM, deixou de aplicar o exame de Ensino Médio.
E por que mudar novamente?
Segundo o Ministro da Educação, o ENEM acaba sendo um nível de prova que exige mais do que o necessário daquele indivíduo que deseja apenas a sua certificação.

Para que serve o Encceja?

É aplicado no Brasil e no exterior. Fora do País, ele certifica brasileiros da conclusão do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.
Quem pode participar?
Podem participar do Encceja detentos que não têm conclusão dos estudos e internos de unidades socioeducativas. Quase 50% das pessoas que cumprem pena em penitenciárias do Brasil não concluíram o Ensino Fundamental. Portanto, o exame é uma boa oportunidade para essas pessoas.
A prova é destinada ao público com no mínimo 15 (quinze) anos completos na data das provas – para certificação do Ensino Fundamental. Já a certificação do Ensino Médio exige uma idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data das provas.
Qual a pontuação mínima?
Para conseguir o certificado, a pessoa precisa atingir pelo menos 100 pontos (a escala da avaliação é de 60 a 180), além de 5 pontos na redação (vai de 0 a 10).
Como se preparar para o Encceja?
Para se preparar para a prova, o Inep disponibiliza materiais didáticos para ambos os objetivos de conclusão. Além disso, há a Matriz de Competências e Habilidades, para que a pessoa que fará o exame saiba o que será cobrado em diferentes âmbitos (disponíveis no site do INEP).

Formato da prova

As provas consistem de questões objetivas e texto dissertativo-argumentativo sobre os mais variados temas em voga na sociedade, como cultura e política.
Aqueles que não obtiveram a média necessária para certificação de conclusão do ensino através do Encceja Nacional poderão se inscrever novamente para eliminação do componente curricular desejado, se for do seu interesse.
Inscritos no Encceja Nacional que tenham obtido a certificação do Ensino Médio deverão passar pelo ENEM para ingresso em universidades.
Inscrições
Para a inscrição no exterior, o participante deve informar número do passaporte, RG, CPF e um e-mail válido. Uma vez certificado pelo Encceja Exterior, ele pode se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e no Sistema de Seleção da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

REGRAS E DATAS DO ENCCEJA

 

·                   Data da prova: 8 de outubro (manhã e tarde)
·                   Inscrições: 7 a 18 de agosto.
·                   Quem pode fazer: a partir de 15 anos - nível fundamental; a partir de 18 anos - nível médio.
·                   Locais de prova: 564 cidades; lista não foi divulgada
·                   Como será a prova: Redação + 30 itens de múltipla escolha por área, somando 120 questões.
·                   Pontuação: recebe o diploma que tirar ao menos 50% em cada área, inclusive na redação.
·                   O que vai cair na prova: O Inep diz que a prova terá as mesmas referências do Enem. O edital com detalhes será publicado em 24 de julho.

terça-feira, 27 de junho de 2017

IFPE abre seleção para professores substitutos – existem vagas para Garanhuns

IFPE abre seleção para professores substitutos – existem vagas para Garanhuns


Foram iniciadas nesta segunda-feira, dia 26 de junho, as inscrições para o processo seletivo de contratação de professores substitutos do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). Há, ao todo, 15 vagas e estão sendo oferecidas para os campus do Recife, Afogados da Ingazeira, no Sertão, Garanhuns (3 vagas) e Pesqueira, no Agreste, além de Ipojuca, na Região Metropolitana. As remunerações variam de R$ 3.117,22 a R$ 5.697,61, a depender da titulação do profissional. Os interessados podem se inscrever até o dia 6 de julho e o edital do concurso pode ser acessado aqui.

Podem concorrer às vagas candidatos licenciados em biologia, física, filosofia, letras (com habilitação em língua espanhola ou inglesa) e geografia. Há também vagas para os formados em tecnologia em saneamento ambiental, e nas engenharias ambiental, mecânica, mecatrônica, eletrônica, automação e controle, além de medicina, enfermagem, tecnologia em radiologia e odontologia.

As inscrições podem ser feitas presencialmente, nos campus do Recife ou de Pesqueira do IFPE, ou via Correios. Os candidatos precisam apresentar os documentos listados no edital e o comprovante do pagamento da taxa de inscrição, que custa R$ 70.

O processo seletivo é dividido em duas etapas, sendo a primeira delas uma análise classificatória de títulos. Na segunda etapa, os candidatos são submetidos a uma prova de conhecimentos práticos específicos, em que o candidato deve ministrar uma aula para a banca examinadora.

O concurso tem validade de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período de vigência. Em caso de dúvidas, os candidatos podem entrar em contato com a Comissão de Vestibulares e Concurso (CVEST) através do e-mail cvest@reitoria.ifpe.edu.br ou do telefone (81) 2125-1724.

Projeto de Lei impede o corte no fornecimento de água e luz da população de baixa renda

Projeto de Lei tenta impedir o corte no fornecimento de água e luz da população de baixa renda

Homenagem aos Cinquenta Anos do Conselho Geral das Instituições Metodistas de Educação. Dep, Aureo (SD - RJ)

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, da Câmara dos Deputados, aprovou proposta que impede o corte no abastecimento de água e de energia elétrica de usuários de baixa renda e em locais de serviços públicos essenciais à população. Esse impedimento vale em caso de falta de pagamento da fatura.
Para usuários de baixa renda, a proposta determina a manutenção de cota mínima de fornecimento desses serviços. Pelo texto aprovado, a interrupção dos serviços de água potável e de energia elétrica só poderá ocorrer mediante ordem judicial, e nunca em véspera de feriado ou de fim de semana.
A legislação atual (Lei 11.445/07) autoriza a interrupção por inadimplência, após notificação da concessionária.
Regulamentação da cota
Foi aprovado substitutivo do relator, deputado Aureo (SD-RJ), para mais de 10 projetos sobre o tema que tramitam apensados à proposta principal, o Projeto de Lei 4176/08, do deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP). Essa proposta proíbe a interrupção da prestação de serviços públicos por inadimplência quando o usuário tiver renda mensal familiar de até três salários mínimos.
Aureo, no entanto, seguiu o entendimento do deputado Felipe Bornier (PHS-RJ), que relatou os projetos na Comissão de Defesa do Consumidor em 2010.
O substitutivo de Aureo centra a proposta nos serviços de água e de luz e, em vez de definir previamente um critério de baixa renda, determina que caberá ao Poder Executivo regulamentar a cota mínima, o perfil dos usuários beneficiados e a forma como as concessionárias serão compensadas pela União.
Segurança jurídica
“Ao determinar expressamente quais as situações em que não poderá haver interrupção desses serviços, cria-se a segurança jurídica necessária para que o Poder Judiciário tenha que decidir apenas sobre casos excepcionais”, avalia Aureo.
Para o relator, o substitutivo cumpre o papel de evitar a interrupção desses serviços para um grupo de consumidores vulneráveis, que se encontram em uma situação de involuntária inadimplência, sem prejudicar as empresas concessionárias e os demais consumidores adimplentes.
Tramitação Final
O projeto ainda será analisado conclusivamente pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

domingo, 25 de junho de 2017

Marcones Motta Disk Pizza em Saloá

Marcones Motta Disk Pizza em Saloá


Iniciou no último sábado (24) em Saloá, o serviço de entrega à domicilio do Marcones Motta Disk Pizza. Com agilidade na entrega, preço bom e saborosas pizzas, a população saloaense passa a ter mais uma opção de fast food delivery a seu inteiro dispor.

O serviço só funciona para entregas à domicílio pelo fone/WhatsApp (87) 98126-1184, das 7 da noite as 11 da noite. Ligue, peça sua pizza e comprove o que estamos falando. Neste momento de inauguração pizza grande (08 fatias), por apenas R$ 15,00.

Quadrila junina do educandário Santa Mõnica se apresenta neste domingo (25) na quadra da escola São Vicente

Quadrila junina do educandário Santa Mõnica se apresenta neste domingo (25) na quadra da escola São Vicente


O educandário Santa Mônica, fará a apresentação de suas quadrilhas juninas neste domingo (25), a partir das 3 da tarde na quadra da escola São Vicente. Alunos e pais de alunos estarão acompanhando os festejos juninos do referido educandário.

sábado, 24 de junho de 2017

Jô Gomes e Neilson Bastos no São João da Serrinha da Prata dia 29

Jô Gomes e Neilson Bastos no São João da Serrinha da Prata dia 29


As festas de São João, na comunidade de Serrinha da Prata em Saloá, está confirmada e vai acontecer no próximo dia 29 de junho (quinta-feira). A comunidade se reorganizou e irá promover a festa em local particular, com direito à apresentação de quadrilha junina e palhoção. Ao final da festa teremos o show de Jô Gomes e Neilson Bastos.

As festas de São João na Serrinha da Prata, contam com o apoio do deputado estadual, Zé Maurício (PP), Wellington Freitas (PP) e dos vereadores, Zé Cabeleireiro (PP) e Valdir Lopes (PRTB). A comunidade espera com muita expectativa o momento, que foi idealizado pela própria população.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

ANIVERSARIANTE DO DIA - Frei Bosco de idade nova nesta sexta (23)

ANIVERSARIANTE DO DIA - Frei Bosco de idade nova nesta sexta (23)

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Quem está completando mais um ano de vida no município de Saloá, mais precisamente na comunidade de Serrinha da Prata é o prestigiado e aclamado, Frei Bosco. Religioso responsável por várias das belezas arquitetônicas da Serrinha da Prata. Atualmente reside no Recife e sempre que pode visita sua terra natal.

“E hoje o dia amanheceu ainda mais especial, foi exatamente hoje 23 de junho que nosso bom Deus escolheu para colocar no mundo a pessoa que mudaria nossa comunidade, e que nos faria ser o que somos hoje! Construiu tantos monumentos, tantas igrejas, trouxe pra gente tantos relicários.

Foi ele que enriqueceu nosso povoado, abrilhantando e colocando em cada lugarzinho a sua marca. Frei Bosco, você é sem dúvida o nosso maior orgulho, o nosso melhor amigo. Feliz aniversário, e que essa data se repita por muitos e muitos anos com a sua presença entre nós Deus te abençoe”. Isael Dantas.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

QUE COISA FEIA - Prefeito de Saloá não autoriza festividade junina em PRAÇA PÚBLICA

QUE COISA FEIA - Prefeito de Saloá não autoriza festividade junina em PRAÇA PÚBLICA


Qual a finalidade de um logradouro público? Qual a finalidade de uma praça pública? Livre circulação de pessoas, lazer, atividades esportivas, atividades religiosas, pé de conversas, atividades culturais, atividades festivas. Qual a finalidade? E qual a finalidade das Festas Juninas? Diversão, lazer, tradição, bem estar, resgate cultural. Qual seria a finalidade? E uma festa junina em praça ou via pública em pleno mês de junho na região Nordeste, com direito a palhoça, apresentação de quadrilha e ao final um show. Será que é algo fora do comum? Pois bem.

O prefeito do município de Saloá - uma pequena cidade do agreste meridional pernambucano -, NÃO autorizou a realização de festividade junina em plena praça pública, de uma comunidade conhecida como Serrinha da Prata. A festa totalmente idealizada pelos moradores locais, que tão logo conseguiram seus patrocinadores começaram os ensaios para a apresentação cultural de sua quadrilha de dança e ao final iriam realizar um pequeno show para todos os presentes.

Segundo um dos organizadores da festividade junina, o prefeito entre algumas alegações, informou que o ofício solicitando autorização para a realização do evento deveria ter chegado com uma antecedência maior. O ofício foi apresentado ao município na segunda-feira (19), mas segundo um dos secretários somente o prefeito poderia dar tal autorização, o que foi negado pelo próprio gestor na terça-feira (20).

A imagem pode conter: montanha, céu, atividades ao ar livre e naturezaA Serrinha da Prata é disparadamente a comunidade com o maior traço cultural do município de Saloá. Seus dotes culturais podem ser facilmente observados na arquitetura religiosa, presente nas igrejas e santuários, na música, com seus diversos artistas, na arte, com a fabricação dos arremedos, enfim.

O município de Saloá, está realizando as festividades de São João, na sede e o no distrito de Iatecá (Prata) e artistas no porte de Vicente Nery e Léo Magalhães irão apresentar-se por essas bandas. Na programação oficial divulgada pelo município a comunidade, ora em questão não foi contemplada.
Curiosamente, a festa junina em comunidade de Serrinha da Prata, estava sendo patrocinada pelo grupo oposicionista ao prefeito Ricardo Alves (PMDB), oposição está que é composta por dois vereadores. Seria esse o real motivo da negativa?

De acordo com os vereadores, Zé Cabelereiro (PP) e Valdir Lopes (PRTB) a autorização só foi negada por pura política. “É claro que o prefeito negou a realização em praça pública da festa, porque soube que erámos nós que iriamos ajudar os jovens” pontuou o vereador Zé. Já Valdir disse que: “Eu quero saber em que essa festa iria atrapalhar a festa do prefeito. Quer dizer que o camarada não faz nada na comunidade e quando os outros querem fazer ele vai lá e empata”.

O fato é que a atitude do prefeito de Saloá, pegou muito mal e no mínimo faltou-lhe bom senso e humildade em saber que não é o único em promover o desenvolvimento do município. Faltou-lhe discernimento em não abusar do poder que por ora está em suas mãos. Afinal de quem é o poder?

Na minha opinião, não havia motivo para o gestor NÃO autorizar a festa, sendo ela feita por quem fosse. A prefeitura não tinha ou não tem nenhum evento no local, no mesmo dia e horário. Não existe outro evento de qualquer natureza na localidade no dia e horário em questão. Então, não existe um motivo claro para a tomada da triste decisão, além do mais estamos em plena festividades juninas, o período mais tradicional do Nordeste.

A decisão já vem sendo bastante comentada e desaprovada por muitos. Principalmente na Serrinha da Prata. Onde o gestor conseguiu a maioria absoluta dos votos daquele povo. O prefeito com sua autoritária atitude deu audiência a oposição, que mesmo dispondo de pouco recursos tentou proporcionar um São João decente na comunidade.

A festa seria dia 29 de Junho.

Vice-prefeita de Saloá é escolhida madrinha da quadrilha junina “Pé na Roça”

Vice-prefeita de Saloá é escolhida madrinha da quadrilha junina “Pé na Roça”


A vice-prefeita do município de Saloá, Socorro do Leite (PR), foi escolhida pelos integrantes da quadrilha junina “Pé na Roça” como sua madrinha para os festejos juninos deste ano de 2017. O grupo de dança vem se apresentando em vários municípios do agreste, já fizeram apresentações nas cidades de Terezinha e Paranatama e mais locais receberão sua apresentação.

A quadrilha “Pé na Roça” irá se apresentar em Saloá, no próximo dia 07 de julho, no espaço cultural do 120, localizado no loteamento Pisquira – após a casa do saudoso Zé da Loja -, a partir das 19:00h. Logo após a apresentação haverá show com o cantor “Xurú”.




Arraiá da irmã Dulce acontece nesta sexta (23) no palhoção municipal

Arraiá da irmã Dulce acontece nesta sexta (23) no palhoção municipal

A imagem pode conter: texto

A apresentação da “quadrilha junina” do educandário Irmã Dulce, está marcado para acontecer nesta sexta-feira (23) às 15:00h, no palhoção municipal, que está montado na praça São Vicente, bem próximo a igreja matriz de São Vicente.

A direção do educandário convida todos os alunos, pais de alunos e sociedade para fazerem parte desta festividade junina de São João.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Blogueiro de Bom Conselho, Claudio André é agredido na porta de sua residência

Blogueiro de Bom Conselho, Claudio André é agredido na porta de sua residência


No início da manhã desta quarta-feira (21), o radialista e blogueiro da cidade de Bom Conselho, Cláudio André “O poeta”, foi traiçoeiramente agredido na porta da sua residência, que fica localizado no loteamento de Vavá. O fato aconteceu por volta das 06 horas e 40 minutos, no momento em que o profissional estava saindo de casa para ir à emissora de rádio em que trabalha.

A vítima quando ia entrando em seu veículo, foi abordada por dois meliantes desconhecidos, que estavam em uma moto. Um deles estava armado com uma pistola e o outro portava uma bimba de boi (chicote). A dupla desferiu vários golpes de bimba de boi no radialista e blogueiro Cláudio André, que foi atingido nas costas e cabeça. A vítima foi socorrida ao hospital local.

A autoria e motivo da agressão são desconhecidos. O caso deverá ser investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Bom Conselho.

Com informações e fotos de Emannuel Leonel – Blog O Argonauta

terça-feira, 20 de junho de 2017

Seguindo recomendação do MP-PE prefeito de Garanhuns revoga decreto que regulamentava o valor do piso dos professores

Seguindo recomendação do MP-PE prefeito de Garanhuns revoga decreto que regulamentava o valor do piso dos professores


O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), revogou o decreto 028/2017, que tratava da regulamentação do piso nacional dos professores. A revogação foi publicada no diário oficial do municípios (AMUPE), desta terça-feira (20) e segue recomendação do MP-PE através da promotoria de Garanhuns, que pediu no último dia 09 de Junho, após reunião com representantes dos professores, prefeitura e câmara de vereadores, que o prefeito revoga-se o referido decreto.

O decreto tratava de assuntos polêmicos e foi considerado uma afronta aos direitos trabalhistas da classe. Entre outros pontos retirava direitos dos professores e culminava com redução de carga horária gradativa e por consequência redução salarial.

Agora a expectativa por parte dos professores é que a situação comece a se equilibrar, já que a prefeitura terá que devolver os valores descontados indevidamente de alguns professores por conta da redução de 10 horas/aulas nos vencimentos. Espera-se também que o reajuste de 7,64% comece a ser creditado na conta dos educadores conforme lei aprovada na câmara de vereadores.

A imagem pode conter: texto


segunda-feira, 19 de junho de 2017

Legislação eleitoral deve adiar candidatura de Ricardo Alves a deputado – Marcantonio Dourado é o deputado estadual de Saloá

Legislação eleitoral deve adiar candidatura de Ricardo Alves a deputado – Marcantonio Dourado é o deputado estadual de Saloá

Image result for ricardo alves prefeito de saloá

Deve ficar para 2022 o sonho de Ricardo Alves (PMDB), prefeito de Saloá, concretizar sua candidatura a deputado estadual e a uma das 49 vagas da ALEPE. Como especulado em matérias anteriores por este veículo de comunicação e difundida por seus seguidores tanto a nível municipal, quanto regional, a candidatura de Ricardo em 2018, deverá esperar um pouco mais.

É que, segundo a legislação eleitoral vigente, ocupantes do executivo (prefeitos, governadores, presidente), só poderão concorrer a um cargo público, diferente dos que já ocupam se renunciarem ao cargo ora ocupado, até seis meses antes do pleito eleitoral – ver art. 14, § 6º, da Constituição; art. 1º, § 1º, da LC nº 64/90 -, e convenhamos que isso não irá acontecer.

Caso Ricardo queira ser candidato a deputado estadual, teria que renunciar ao seu mandato até 7 de abril de 2018, o que daria 2 anos e 9 meses de mandato ao seu atual vice-prefeito. O mesmo vale para outros prefeitos que queiram enfrentar as eleições no próximo ano. De acordo com pessoas muito próximas ao gestor saloaense, seu foco para o futuro é trabalhar para eleger seu sucessor em 2020 e aí sim, começar desenhar sua candidatura de deputado à ALEPE em 2022.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em péCom o atual cenário, Marcantonio Dourado (PSB), deverá ser o deputado mais uma vez do grupo Café com Leite, para as eleições de 2018. Com sua dupla de deputados definida, Danilo Cabral (PSB) federal e Marcantonio Dourado (PSB) estadual o grupo político vai tentar bater o recorde de votos para seus deputados que até hoje pertence à Zé do Leite (PR), quando este era prefeito.

No ano de 2006, Zé do Leite e equipe conseguiram 3.304 para Izaías Régis, estadual e 3.769 para Armando Monteiro federal. Em 2010, Gilvan Pereira (PTB) e seu grupo conseguiram 3.093 para Aglaílson Júnior, estadual e 3.298 para Eduardo da Fonte, federal. Em 2014, no primeiro mandato de Ricardo Alves, seu grupo conseguiu 2.389 para, Marcantonio Dourado, estadual e 2.759 para, Danilo Cabral, federal.

Foto 1 - Ricardo Alves em evento político na cidade de Bom Conselho
Foto 2 - Marcantonio na abertura do São João de Saloá 2017, com o presidente da câmara de vereadores de Saloá e sua esposa.

domingo, 18 de junho de 2017

As piores faculdades do Brasil, segundo avaliação do MEC – Garanhuns tem faculdade na lista

As piores faculdades do Brasil, segundo avaliação do MEC – Garanhuns tem faculdade na lista


De 2.109 instituições de ensino superior avaliadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC), 313 tiveram avaliação insatisfatória, medida por meio do IGC (Índice Geral de Cursos).

O IGC é o indicador oficial de qualidade do ensino superior no Brasil, é calculado todos os anos e é de responsabilidade do MEC. A mais recente avaliação, do ciclo de 2015, cujos resultados eram aguardados no fim de 2016 foi divulgada na semana passada no site do INEP.

O índice vai de 1 a 5 e as notas na faixa 1 e 2 indicam mau desempenho passível de punição. Uma delas, por exemplo, pode ser até proibição de novos vestibulares até que medidas para a melhora de desempenho sejam postas em prática.

Como é calculado o IGC?

Um dos aspectos levados em conta no IGC é a média dos CPCs (Conceito Preliminar de Curso) do último período de três anos (triênio). O CPC também é um indicador de qualidade, mas referente aos cursos de graduação oferecidos pelas instituições de ensino superior. Nota no Enade, corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos são critérios do CPC.

No último triênio foram avaliados cursos de administração, administração pública, ciências contábeis, ciências econômicas, design, direito, jornalismo, psicologia, publicidade e propaganda, relações internacionais, secretariado executivo, tecnologia em comércio exterior, tecnologia em design de interiores, tecnologia em design de moda, tecnologia em design gráfico, tecnologia em gastronomia, tecnologia em gestão comercial, tecnologia em gestão de qualidade, tecnologia em gestão de recursos humanos, tecnologia em gestão financeira, tecnologia em gestão pública, tecnologia em logística, tecnologia em marketing, tecnologia em processos gerenciais, teologia e turismo.  

O CPC é calculado no ano seguinte à realização do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes.

A média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu (quando essas modalidades são existentes) atribuídos pela CAPES na última avaliação trienal disponível também entra na conta do INGC, assim como distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

Algumas instituições da lista completa aparecem sem conceito, ou com a informação de descredenciamento ou ainda com a ressalva de que estão sub-júdice.

As avaliações são divididas entre universidades, institutos federais, centros universitários e faculdades.


Confira nas tabelas o ranking com quem foi “reprovado” neste último ciclo de avaliação. Faculdade de Garanhuns aparece na lista.

60 anos da morte do bispo Dom Expedito Lopes pelo padre Hosana

60 anos da morte do bispo Dom Expedito Lopes pelo padre Hosana


Quipapá e Garanhuns, duas cidades do Interior pernambucano ligadas para sempre por uma história de violência inédita na Igreja Católica da América Latina. Na noite de 1º de julho de 1957. Na Rádio Difusora de Garanhuns, uma notícia assustadora: o padre de Quipapá, Hosana Siqueira e Silva, acabara de disparar vários tiros de revólver contra seu superior, o arcebispo de Garanhuns, dom Expedito Lopes.

Uma tragédia que muitos consideravam anunciada, fruto de um enredo que envolveu durante meses intrigas, brigas e desobediência entre os religiosos. Passados 60 anos do episódio, vários questionamentos ainda cruzam a história oficial do crime, multiplicando as versões sobre o assassinato. São esses enredos periféricos que mantêm vivos o mistério e as lendas que pairam sobre o caso.

Neste folhetim da vida real soma-se ainda o arquivamento sobre a morte do padre, assassinado a pauladas em 1997, crime que ainda permanece sem solução. Ao longo das décadas, estes dois personagens continuam fortes no imaginário popular das duas cidades, seja pela gloriosa lembrança ou por uma quase necessidade de esquecimento. Se por um lado Garanhuns trata dom Expedito como santo, por outro Quipapá prefere apagar da memória a sombra da vilania do pároco que, para alguns, amaldiçoa a cidade.

60 anos do crime do PE. Hosana

UMA RELAÇÃO INFLAMADA

Difícil encontrar alguém disposto a conversar sobre o crime do padre Hosana em Quipapá. Há quem acredite que ficar repetindo a história traz má sorte, além de constranger os parentes dos envolvidos. As poucas pessoas que conviveram com os protagonistas desta história acreditam que a tragédia poderia ter sido evitada, se não fosse a ação dos linguarudos do município.

“Muito do que aconteceu foi culpa da língua do povo daqui. Diziam que ele tinha um caso com uma parente, mas não era verdade”, afirmou a poetisa Eri Luigi, 83 anos. Os boatos da época davam conta que o pároco mantinha um romance com uma prima, Maria José. A jovem morava com ele na casa paroquial, já teria feito um aborto e estaria esperando mais um filho do religioso.

Devidamente informado pela população do desvio de conduta, dom Expedito exigiu que ele resolvesse a questão e deixasse a mulher. Maria José teria ido embora. Mas logo chegaram aos ouvidos do bispo a informação de que o padre arrumara uma substituta, de nome Quitéria.

Apesar dos vários relatos de troca de cartas entre o padre e suas amantes, onde estariam escritas confidências da vida a dois, os bilhetes sumiram. Eri Luigi, disse ter tido acesso, no passado, a algumas dessas correspondências, mas que nada havia de comprometedor. “Eu li muitas dessas cartas e ele era respeitador nelas. Não tinha nada disso, de caso”.

60 anos do crime do PE. Hosana

Para ela, a má relação de Hosana com dom Expedito foi criada pela conjunção do disse-me-disse das beatas insatisfeitas com o temperamento forte e esquisito do padre, que algumas vezes viajava para sua fazenda no município de Correntes e deixava a população sem missa. O empresário Paulo Vieira, 70 anos, também aponta o fuxico da comunidade como estopim para a tragédia. “O que padre Hosana queria era que o bispo deixasse de dar ouvidos aos outros e soubesse da verdade aqui", disse.

"O bispo também teve seus erros. O padre nunca teve mulher nenhuma. Isso só poderia acabar em coisa ruim”, lamentou. Viera era coroinha de Hosana naquele tempo e o descreveu como um “homem correto, de poucas palavras, mas de ação”. E também de atitudes intempestivas. Segundo alguns relatos, o pároco chegou a dar surras num vizinho bêbado que espancava as filhas e era agressivo com fieis. Ele ainda andava armado e atirava em cachorros que se aproximavam do seu cavalo, afirmam outros. Foi pelo conjunto da obra, e não apenas por seus romances, acreditam muitos, que dom Expedito, com aval do Vaticano, anunciaria na rádio a excomunhão de Hosana naquele 1º de julho.

 

O DIA FATÍDICO

“Naquele dia o padre celebrou uma missa muito dura contra dom Expedito. Logo depois, disse para o povo que logo mais eles teriam uma notícia vinda de Garanhuns sobre o bispo, mas ninguém esperava algo tão trágico. Foi um sofrimento muito grande para todos e, principalmente, para as duas cidades”, relembrou a religiosa Maria do Carmo Ferreira, 34 anos, sobre o episódio que o avô lhe contara várias vezes na infância.

O pároco, sabendo da iminência da excomunhão que seria lida na Rádio Difusora, partiu de Quipapá com a ideia de também usar o microfone para se defender. Tomou o trem e, já em Garanhuns, seguiu de táxi para a rádio. Mas foi proibido de entrar e falar. 


Enfurecido, seguiu para a casa do bispo. Era perto das 18h30. “Dom Expedito tinha acabado de jantar quando bateram à porta. Assim que ele abriu, padre Hosana, sem dar uma palavra, disparou três vezes à queima roupa. Um tiro no braço e dois no tórax”, contou a missionária Terezinha Araújo Correia, 60 anos, atual curadora do Memorial Dom Expedito Lopes, localizado em Garanhuns.

Tudo foi muito rápido. Hosana fugiu para o Mosteiro de São Bento, confessou o crime e pediu proteção de vida, já prevendo que seria caçado pelas autoridades. Enquanto isso, a agonia do bispo ganhava as ruas. Sem ambulância na cidade, ele foi transportado para o hospital na própria cama, colocada sobre uma caminhonete. Na unidade de saúde, recebeu apenas transfusões de sangue e depois de oito horas, já na madrugada do dia 2, morreu.

Related image


O NASCIMENTO DE UM MÁRTIR

Dom Expedito Lopes era o 5ª bispo da Diocese de Garanhuns e o que menos tempo ficou no posto. Em pouco mais de dois anos no cargo, foi assassinado. Mas também passou a ser aclamado como santo pela população. “A morte chamou muito a atenção das pessoas. Mesmo sabendo quem o feriu, ao invés de ficar revoltado, ele logo perdoou seu algoz. E no leito de morte pedia repetidamente que rezassem pelo padre Hosana”, comentou a missionária Terezinha.

O sofrimento do bispo já era encarado como um ato de fé de um mártir e, desde então, passaram a dizer que ali estava um homem santo. Os relatos de milagres relacionados ao bispo logo começaram a aparecer. Entre eles, a de um dentista da cidade que acudiu o religioso baleado e teve as calças molhadas pelo sangue. As vestes foram guardadas e depois usadas como relíquia no difícil parto da esposa que corria risco de morte e se salvou. Mas o milagre mais famoso na época foi o de uma criança alagoana que atribuiu a cura de uma deficiência no pé à interseção do bispo.

Image result for padre hosana de siqueira e silva

Pouco depois da morte, ainda na década de 50, as cartas de milagres que não paravam de chegar motivaram a abertura de um processo de canonização na Santa Sé. A religiosa Cândida Araújo, 87, velou a cabeceira da cama do bispo no hospital e é uma fervorosa defensora da santidade do bispo. “Tenho fé de que ainda verei dom Expedito no altar do Senhor.”

A tesoureira da Cúria de Garanhuns, irmã Joelma Pinto, disse que o processo estava parado e foi reaberto em 2003, mas anda devagar. “Toda a parte que dependia de nós aqui no Brasil foi feita. Existe uma parte posterior que é feita em Roma e depende de termos uma pessoa lá, que tenha todas as competências necessárias para acompanhar o estudo e fazer a position, que é um documento com todos os fatos, virtudes e relatos de história de santidade dele”, explicou.

Enquanto isso, o fervor na cidade não esmorece. “Ainda hoje as intenções de missas de agradecimento à intercessão de dom Expedito na Catedral continuam. São de três a cinco por mês, em agradecimento por graças alcançadas”, afirmou a missionária Terezinha. Fonte: Folha de Pernambuco http://www.folhape.com.br/noticias/noticias/interior/2017/06/17/NWS,31423,70,704,NOTICIAS,2190-LIGADAS-POR-CRIME-GARANHUNS-PODE-TER-SANTO-QUIPAPA-VIVE-SOMBRA-VILAO.aspx