quarta-feira, 31 de maio de 2017

BOM CONSELHO – Reajuste de 2% e incorporação de 30% dos salários dos professores colocam vereadores entre “a cruz e a espada”

BOM CONSELHO – Reajuste de 2% e incorporação de 30% dos salários dos professores colocam vereadores entre “a cruz e a espada”


De acordo com publicação do blog do Carlos André “O poeta”, os vereadores que compõem o legislativo municipal, serão postos a prova nos próximos dias. “O poeta” escreveu que os vereadores de Bom Conselho estão entre “a cruz e a espada”, e o motivo para isso é projeto de lei de autoria do executivo que autoriza um reajuste de apenas 2% nos salários dos professores e para acabar de acertar incorpora 30% de gratificação por regência que os docentes possuem como um direito adquirido há vários anos.

Ainda de acordo com a publicação, dos 13 vereadores no município, 11 são da base do governo e apenas 02 figuram na oposição. Mesmo assim, na última reunião da câmara, todos os vereadores foram unânimes em afirmar que o que for contra os professores os edis não votarão. A publicação ainda afirma que muitos dos vereadores possuem acertos – ajeitados – no governo e por esse motivo os vereadores estariam nesta delicada posição.

Para efeitos de informação, o salário dos professores é composto por duas leis especificas a lei federal 11.758/08 que comumente conhecemos como “lei do piso”, que regulamenta os reajustes anuais e cargas horárias, por exemplo, e os chamados PCC’s (planos de cargos e carreiras), sendo esta última específica de cada município. É no PCC que residem às gratificações a que os profissionais possuem direitos, tanto na questão de escolaridade, quanto no tempo de serviços dentre outras gratificações.



Os professores de Bom Conselho estão chegando aos quase 60 dias de greve, sem um entendimento com a gestão. Pelo que se vê muita água ainda vai passar por debaixo da ponte na terra da “papacaça” e um entendimento parece está longe de acontecer.

Confira a publicação na íntegra AQUI

terça-feira, 30 de maio de 2017

GARANHUNS – Comissões da câmara não chegam a consenso sobre projeto dos professores

GARANHUNS – Comissões da câmara não chegam a consenso sobre projeto dos professores


Ainda não foi dessa vez, que os vereadores do município de Garanhuns, chegaram a um consenso sobre a votação do projeto de lei de autoria do executivo que visa reajustar os vencimentos dos professores municipais. Depois da argumentação dos professores, representados por sindicato e comissão, procuradores municipais e vereadores, ficou em aberto o dia para votação do referido projeto.

Ao final das discussões, na tarde desta terça-feira (30) na própria câmara, das três comissões que irão dar seus pareceres sobre o projeto, duas se posicionaram, sendo uma favorável a que o projeto seja levado ao plenário e uma comissão contrária para que o projeto não seja levado ao plenário e seja rejeitado já nas comissões. A comissão de justiça e redação que tem como relator o vereador, Zaqueu Lins, Alcindo Côrrea como presidente e Ary Júnior como membro, não deram pareceres.


Com isso, dentro do prazo regimental o parecer do vereador Zaqueu, poderá ser proferido até a próxima quarta-feira (07), que também possivelmente é o prazo final para o projeto ser votado. É remota a possibilidade do parecer ser apresentado na manhã desta quarta-feira (31), já que até o fechamento desta postagem o vereador ainda não tem uma posição definida. A referida comissão analisará tecnicamente se o projeto tem fulcro constitucional ou não, cabendo ao plenário – se for o caso – decidir pela aprovação ou não do projeto.

Água da adutora da Prata começará a chegar em Saloá

Água da adutora da Prata começará a chegar em Saloá

thumbnail_FullSizeRender (1)

Segundo informações do blog institucional da prefeitura de Saloá, o blog Saloá Notícias, à água da adutora da Prata – em referência à vila de Iatecá – começará a chegar na sede do município já a partir desta terça-feira (30). Segundo a publicação, as fortes chuvas que estão caindo em toda a região do agreste, elevaram os níveis da barragem para 70% da sua capacidade.


Iniciada na gestão do então prefeito Rivaldo Alves ainda no de 1996, a obra além de ficar inconclusa passou por uma fase de pendências judiciais, que ao que tudo indica foram resolvidas no governo do atual prefeito, Ricardo Alves (PMDB). Desde seu início a adutora recebeu investimento na casa dos R$ 10 milhões e deverá mitigar os efeito da seca na vila de Iatecá e na cidade de Saloá.

Depois de 5 anos justiça anula concurso da prefeitura de Calçados

Depois de 5 anos justiça anula concurso da prefeitura de Calçados


O Juiz da Vara Única da Comarca de Calçado, Rafael Sampaio Leite, determinou a nulidade do Concurso Público realizado pela Prefeitura daquele Município em 2012. A decisão foi tomada diante da existência de irregularidades no procedimento licitatório para contratação da Organizadora do Certame.

A decretação de nulidade se deu em razão de o ato administrativo de dispensa de licitação estar em desacordo com as determinações legais. No argumento apresentado pelo Ministério Público, entre outros pontos, foi apontada a cópia de diversas questões já utilizadas em certames de outras Prefeituras. A repetição de quesitos, segundo o MP, afronta o princípio da isonomia e vulnera a regra do sigilo da prova aos candidatos. Ainda segundo os autos, a CODEAM, contratada pela Prefeitura de Calçado, bem como o COMANAS, que organizaria o Certame em parceria com a CODEAM, não possuem, dentre seus objetivos e finalidades, a realização de Concursos Públicos.

O Juiz Rafael Sampaio Leite também determinado em sua decisão que a CODEAM e a COMANAS devem ressarcir os valores pagos por todos os inscritos no Concurso. Além disso, devem fornecer à Prefeitura de Calçado, sob pena de multa de R$ 50 mil reais, toda a documentação e os dados pessoais relativos aos candidatos.

Já a Prefeitura de Calçado cabe comunicar a determinação judicial por meio de um aviso em seu site oficial, informando todo o mecanismo para que se processe a devolução dos valores relativos à inscrição aos Candidatos. O descumprimento da decisão judicial pode acarretar em multa de R$ 50 mil reais ao Governo Municipal de Calçado, que a partir de então, pode começar a trabalhar na organização de um novo Concurso Público, uma vez que informes vindos da terra Governada pelo Prefeito Expedido Nogueira, dão conta que há cerca de 10 anos não é realizado um Certame Público naquele Município. (Com informações do blog do Carlos Eugênio).

segunda-feira, 29 de maio de 2017

EREM Monsenhor João Marques foi arrombada em Saloá

EREM Monsenhor João Marques foi arrombada em Saloá


A escola de referência em ensino médio de Saloá, EREM Monsenhor João Marques, foi arrombada e saqueada na madrugada desta segunda-feira (29) – do domingo para a segunda -, e vários equipamentos e comida foram roubados da localidade.

Em um levantamento inicial, tablets, computadores, notebooks, equipamentos de robótica, datashow e comida foram levados, totalizando um prejuízo muito grande para a escola e mais ainda para os alunos, que irão ficar com seus trabalhos acadêmicos bastante comprometidos por conta da ação dos bandidos. Só não foram levados os PC's mais antigos pois possuem a CPU grande.


De acordo com informações repassadas pela direção, a ação possivelmente ocorreu na madrugada de domingo para segunda (29), pois um dos funcionários esteve na escola verificando como de costume se estava tudo certo por volta das 9 da noite do domingo (28). A escola não possui segurança nos finais de semana e os funcionários preocupados com a situação se revezam aos finais de semana para olharem a escola na maneira do possível.

Ainda de acordo com as informações a secretária que dá acesso a diretoria foi arrombada, assim como a cantina e o laboratório de informática. As polícias civil, militar e a guarda municipal já foram acionadas e já começaram a investigação para chegarem nos cabras safados – bandidos – que praticaram a ação.


Fazemos um apelo para que a população não compre equipamentos descritos acima e que na maneira do possível ajude a polícia na investigação. Pela quantidade de equipamentos roubados é provável que os meliantes tentem vender os equipamentos eletrônicos.






domingo, 28 de maio de 2017

CARUARU decreta estado de EMERGÊNCIA e GARANHUNS tem áreas interditadas na zona rural

CARUARU decreta estado de EMERGÊNCIA e GARANHUNS tem áreas interditadas na zona rural


A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), decretou, estado de emergência no município em decorrência das fortes chuvas, que ocasionaram inundações, enxurradas, alagamentos e deslizamentos.

De acordo com o decreto, publicado no Diário Oficial do Município, as chuvas causaram diversos danos às estruturas físicas das unidades de saúde, além de danos humanos e materiais. Parecer para a decretação foi dado pela Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes - DESTRA, órgão responsável pela Defesa Civil do Município.

A situação de emergência, através do decreto nº 035, autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais e a convocação de voluntários para reforçar as ações.

GARANHUNS - Devido às fortes chuvas, a coordenadoria de Proteção e Defesa Civil (Compdec) de Garanhuns, efetuou mais duas interdições na cidade. No sábado, foi realizada a interdição de uma parte da estrada próxima ao Castelo João Capão, que vai no sentido do distrito de São Pedro.

Após a interdição, a ocorrência foi repassada para a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, que tomará as devidas providências para o reparo necessário da estrada. Outra ocorrência foi realizada neste domingo (28). O Corpo de Bombeiros interditou a área de um talude revestido com argamassa do Residencial Vila Verde, localizado na Rua Getúlio Zooby Júnior, no bairro Dom Thiago Postam. A área apresentou desabamentos na madrugada do sábado.


Ainda no fim de semana, a Defesa Civil também realizou vistorias na rua Carmerinda Vieira de Melo e na rua Araci de Almeida, no bairro Parque Fênix. A Compdec informa que em qualquer caso de ameaça de desabamento, é necessário ligar imediatamente para o número (87) 99900-3333.

Governo de Pernambuco decreta estado de CALAMIDADE em 13 municípios por conta das chuvas

Governo de Pernambuco decreta estado de CALAMIDADE em 13 municípios por conta das chuvas

Governador Paulo Câmara reuniu secretários para discutir ações emergenciais (Foto: Thays Estarque/G1)

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou, neste domingo (28), estado de calamidade em 13 municípios por conta das fortes chuvas que castigam o Agreste e a Zona da Mata Sul. As cidades são: Rio Formoso, Ribeirão, Água Preta, Palmares, Catende, Maraial, Belém de Maria, Barreiros, Amaraji, Barra de Guabiraba, São Benedito do Sul, Cortês e Jaqueira.


Até o momento, Pernambuco registra 5 mil desabrigados. O governo do estado já considerado essa a pior chuva desde a de 2010, que assolou cidades como Barreiros por exemplo. Ao todo, 200 bombeiros e agentes da Defesa Civil foram encaminhados para as regiões afetadas. Eles ficarão nos locais até quando for necessário. Dois caminhões com mantimentos, lonas, colchões e lençóis também foram destinados.

sábado, 27 de maio de 2017

Estrada que liga Saloá ao Brejo Velho sem condições de tráfego veicular

Estrada que liga Saloá ao Brejo Velho sem condições de tráfego veicular


A estrada que liga a cidade de Saloá ao povoado Brejo Velho em Paranatama está praticamente intrafegável desde a tarde de quarta-feira (24), pois uma parte da estrada cedeu por conta das chuvas, abrindo uma cratera. Os moradores relataram que o barro cedeu porque há um córrego que passa pela estrada e não suportou o volume de água trazido pelas chuvas caídas nos últimos dias.

Um agricultor do local, também mencionou ser comum a estrada ficar interditada durante o período chuvoso, principalmente na ladeira conhecida como ladeira de “Julio Santana”. “Aqui passa um córrego e toda à água da chuva que vem da mata verde passa aqui, mais o córrego não  possui capacidade para sustentar esse volume e acaba nisso”, disse.


No local não existe nem uma placa de sinalização informando o perigo na estrada, os motoristas tem que ficar atento. Texto e foto – Andrezão do IPA

sexta-feira, 26 de maio de 2017

GARANHUNS – Professores estão na bronca com o prefeito Izaías

GARANHUNS – Professores estão na bronca com o prefeito Izaías


Os Professores da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns estão na bronca com o prefeito Izaías Régis (PTB). É que na última quarta-feira (24), a prefeitura divulgou um decreto que fixa as cargas horárias do município em 150 e 200 horas aulas. Os professores além de protestarem contra o Decreto Nº 028/2017, de autoria do Poder Executivo Municipal, estão tomando as medidas cabíveis para conter a perca.

De acordo com publicação do blog V&C Garanhuns, o edital do Concurso ao qual os professores do Nível 1 foram aprovados prevê uma carga/horária de 150 horas mensais, mas a Prefeitura de Garanhuns, desde 2010, aumentou em mais 30 horas as atividades, denominando-as de extra-classe. A ação representava mais dinheiro no bolso dos educadores.

Agora, com a medida da Municipalidade (Decreto Nº 028/2017), que regulamenta o valor do Piso Salarial dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de Ensino, as trinta horas serão suprimidas de forma gradativa, mensalmente, com redução máxima mensal de dez horas, até a volta da carga horária inicial do professor (150 horas).


Já os vencimentos dos docentes que tenham jornada de trabalho de 150 horas mensais passará a ser fixado em R$ 1.723,50, enquanto que o piso salarial dos profissionais do grupo ocupacional de magistério que tenham jornada de trabalho de 200 horas mensais ficará estabelecido em R$ 2.298,00.

A bronca dos professores, é que a questão vinha sendo negociada nas comissões da Câmara Municipal, junto aos Legisladores Municipais e representantes do Governo. "Os Vereadores acertaram ontem, com os professores que viria para a Câmara somente o projeto do reajuste do piso, deixando a questão da carga horária para outro momento”, registrou um Professor, ouvido em reserva pelo portal V&C Garanhuns.

A POSIÇÃO DA PREFEITURA – O Governo Municipal de Garanhuns emitiu a seguinte nota a respeito do assunto:

“A Prefeitura Municipal de Garanhuns informa que o Decreto n. 028/2017, apenas regulamenta a Lei Federal 11.738/2008, que criou o piso salarial dos profissionais do magistério, de modo que, estabeleceu para os professores com 200 (duzentas) horas o valor de R$ 2.298,00 (dois mil e duzentos e noventa e oito reais).

A regulamentação do piso pela União, Estados e Municípios já foi declarada constitucional pelo STF e de caráter obrigatório pelos entes federados, não podendo o Município pagar valores menores que o piso aos profissionais. Assim, em face que as partes envolvidas (professores e Executivo) na discussão não chegaram ao consenso na tramitação do Projeto de Lei 012/2017, decidiu o Poder Executivo com fundamento na vinculação do julgamento pelo STF em apenas fixar o piso para aqueles profissionais que estão ganhando abaixo do valor do piso fixado pelo MEC.

Para os demais profissionais, o Poder Executivo aguardará a aprovação do projeto de Lei pelo Legislativo Municipal, órgão competente para a discussão e deliberação da matéria.

Esclarecemos que em relação à elevação da carga horária e a volta desta aos patamares instituídos pela Lei Municipal 3758/2010, a mesma se dá em virtude do que está estabelecido na Lei acima citada, não existindo assim qualquer ato administrativo que tenha elevado a carga horária. Além disso, a Lei Federal 11.738/08, fixou o piso salarial para 200 (duzentas) horas e o aumento de carga horária inserida como necessária para desenvolvimento de atividades extra classe não possuem fundamento, conforme parecer do Conselho Nacional de Educação e do próprio TCE”. Com informações do blog do Carlos Eugênio.

MP-PE recomenda que Nazaré da Mata e Pesqueira cumpram piso salarial dos professores

MP-PE recomenda que Nazaré da Mata e Pesqueira cumpram piso salarial dos professores


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou aos municípios de Nazaré da Mata e Pesqueira assegurar o piso salarial nacional dos profissionais da Educação, considerando que o piso salarial deve ser compreendido como direito difuso à educação de qualidade, além de ser um direito qualificado pelo legislador como absoluta prioridade.

Os prefeitos de Nazaré da Mata e Pesqueira devem efetuar, no prazo de 60 dias, o reajuste do valor pago aos seus professores, de modo a equipará-lo ao piso salarial do magistério, no valor de R$2.298,80 para aqueles que têm uma carga de trabalho de 40 horas semanais.

A promotora de Justiça de Nazaré da Mata, Maria José Queiroz, recomendou também o pagamento retroativo do piso, a partir do mês de janeiro de 2017, no prazo de 90 dias e em, no máximo, três parcelas iguais e mensalmente sucessivas. Já a promotora de Justiça de Pesqueira, Jeanne Bezerra, recomenda o pagamento retroativo do piso salarial atualizado desde janeiro deste ano, caso não tenha sido repassado por abono, no prazo máximo de 60 dias. Com informações do blog Falando Francamente (Arcoverde) e blog do Martinho Filho (Araripina)

AESGA abre inscrições para o VESTIBULAR de inverno

AESGA abre inscrições para o VESTIBULAR de inverno


Já estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2017.2 da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA), que dispõe de vagas para os cursos que compõem as Faculdades de Ciências da Administração (FAGA), Direito (FDG), Ciências Sociais Aplicadas e Humanas (FAHUG) e Ciências Exatas de Garanhuns (FACEG).

Para este Vestibular estão disponíveis vagas para os cursos de Administração em Empreendedorismo, Direito, Administração Hospitalar e Serviços de Saúde, Secretariado Executivo Bilíngue, Engenharia Civil e o curso Superior de Tecnologia em Recursos Humanos. O valor da inscrição para o Vestibular é de R$ 100,00 (cem reais) e as inscrições seguem até o dia 26 de junho. A Prova do Vestibular acontecerá no dia 2 de julho.

Para este Processo, a AESGA disponibilizará 10% das vagas para as notas do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. Além do Vestibular, também estão abertas vagas para Portador de Diploma, Transferidos e Reintegrados. As inscrições devem ser feitas por meio do site: www.cespa.aesga.edu.br.

Assim como o Manual do Aluno, o Calendário e todas as normas para participação no Processo Seletivo da Autarquia e os editais também estão disponíveis no site do CESPA.

O PROCESSO SELETIVO 2017.2 - VESTIBULAR 2017.2
Inscrições abertas até 26 de junho
Provas: 2 de julho

PORTADOR DE DIPLOMA E TRANSFERÊNCIA
Inscrições abertas até 22 de junho

REINTEGRAÇÃO 2017.2
Inscrições abertas até 28 de julho

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Armando Monteiro é lembrado como PRESIDENTE em eventual afastamento de Temer

Armando Monteiro é cogitado como PRESIDENTE em eventual afastamento de Temer


O senador pernambucano Armando Monteiro Neto (PTB) teve seu nome especulado pela mídia nacional nos últimos dias, como uma alternativa numa eleição indireta para presidente da República, caso ocorra a vacância no cargo numa eventual renúncia, Impeachment ou cassação pelo TSE, do presidente Michel Temer (PMDB.

Ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) por oito anos, ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio (MDIC) no governo da ex-presidente, Dilma Rousseff (PT) e hoje líder do PTB no Senado, Armando é um nome com ampla interlocução com o setor industrial e goza de respeitabilidade no Congresso, além de trânsito político no Congresso. Aliado a isso tem o fato de continuar limpo nos recentes escândalos de propinas da lava-jato.

O site da revista Valor Econômico, desta quinta-feira (24), diz que "se a eleição fosse hoje" o candidato com mais chance de ser eleito seria o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Segundo a publicação da revista, a razão é simples. Foi ele (Rodrigo) o escolhido pela maioria dos 513 deputados que compõem esse colégio eleitoral formado por 594 delegados há pouco mais de três meses, para presidir a Câmara. No entanto a mesma publicação, coloca que a normatização (criação de normas, regras) da eleição indireta está em aberto. É justamente neste ponto que a revista aponta também o nome de Armando Monteiro (PTB-PE) como uma boa opção.

O Planalto aposta na demora para se votar uma lei complementar com as regras de elegibilidade - prazo de filiação partidária e de desincompatibilização de cargos públicos -, nesse caso, Rodrigo Maia estaria mais para angariar votos. Nomes como o do senador Tasso Jereissati, preferido do PSDB, ou de nomes que correm por fora, em busca de raias equidistantes de oposição e governo, como o senador Armando Monteiro (PTB-PE), estariam melhor colocados

Segundo avaliação de colunistas nacionais, o maior impedimento de Armando seria o fato de ter sido ministro de Dilma. Mesmo não sendo favorito e as informações figuram em um campo incerto, Armando é um dos poucos políticos pernambucanos que não tem seu nome envolvido em escândalos de corrupção e possui uma boa aceitação, além de gozar de satisfatória credibilidade no Congresso Nacional. Escrito por Wellington Freitas de acordo com notícias no âmbito estadual e nacional.

SALOÁ – Igreja Presbiteriana 60 anos de história e evangelização no município

SALOÁ – Igreja Presbiteriana 60 anos de história e evangelização no município

PRESBITERIANA DE SALOÁ COMEMOROU 60 ANOS DE EXISTÊNCIA NO MUNICÍPIO
A Igreja Presbiteriana no município de Saloá/PE comemorou nos dias 20 e 21 de maio as festividades em alusão aos seus 60 anos de existência na cidade. O evento foi realizado com a presença de dezenas de pessoas na sede da igreja que fica na Praça Agamenon Magalhães, e contou com a participação de conjuntos de louvores, cantores e pregadores especialmente convidados para o momento. No domingo (21) a palavra foi ministrada pelo presbítero Alexandre da cidade de Garanhuns que trouxe uma palavra de reflexão.

No culto de encerramento, no domingo à noite, o pastor Jesiel Freire agradeceu a todos que de alguma forma ajudaram na realização do evento e se disse bastante feliz em estar pastoreando a igreja na cidade, apesar de estar a pouco menos de um ano na direção da igreja. “Esperamos crescer em quantidade e qualidade, mas, isso depende do Espírito Santo, acrescentou o reverendo Jesiel, falando sobre os projetos da ICP para este ano de 2017. Outro objetivo da direção da igreja é a conclusão da obra do novo prédio da igreja que fica no bairro Areias. Fotos: Jr. Gracindo. Texto Saloá Notícias

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Manifestantes invadem Esplanada dos Ministérios

Manifestantes invadem Esplanada dos Ministérios


Todos os prédios da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foram evacuados na tarde desta quarta-feira (24) após os ministérios da Agricultura e da Fazenda sofrerem um incêndio do lado externo. Os funcionários dos ministérios estão sendo retirados dos prédios pelas saídas dos fundos. Para evitar que manifestantes se aproximem do Congresso Nacional, a Polícia Militar do DF faz uso de bombas de gás lacrimogêneo.
Um manifestante foi ferido gravemente e perdeu parte da mão, segundo apurou reportagem do UOL. Outro manifestante foi ferido a bala. A confusão começou quando os manifestantes tentaram furar uma barreira feita pela polícia para se aproximar do Congresso. A todo momento, grupos de policiais tentam dispersar manifestantes, que estão espalhados pela Esplanada dos Ministérios. Vários atiram pedaços de pau e pedras em direção aos policiais, enquanto os trios elétricos das centrais sindicais estão praticamente no meio do fogo cruzado.
Enquanto isso, do lado de dentro do Congresso, deputados de oposição ao governo federal ocuparam a Mesa Diretora da Câmara em protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) e pediram o encerramento dos trabalhos na Casa. Vice ­presidente da Câmara, André Fufuca (PP­-MA), suspendeu a sessão por dez minutos depois de uma confusão.

A Marcha das Centrais Sindicais, como está sendo chamado o ato, protesta contra as reformas propostas pelo governo federal e pede a renúncia do presidente Michel Temer. Os manifestantes se reuniram pela manhã em frente ao estádio Mané Garrincha e depois seguiram em caminhada até o Congresso passando pela Esplanada dos Ministérios.

terça-feira, 23 de maio de 2017

BOM CONSELHO – Professores e prefeitura não chegam a um entendimento e GREVE continua

BOM CONSELHO – Professores e prefeitura não chegam a um entendimento e GREVE continua

Foto ilustração

Há exatos 50 dias começava uma das maiores GREVES da educação de Bom Conselho e consequentemente uma das maiores do agreste meridional e quem sabe até de Pernambuco. No último dia 03 de Abril de 2017, os professores da rede municipal de educação, não tiveram suas reivindicações atendidas pela gestão municipal e deflagraram o movimento paredista, que pelas informações chega a afetar 10 mil alunos.

]Na última segunda-feira, 22 de Maio, professores, representados pelo sindicato, SINTEMUB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Bom Conselho) e a prefeitura de Bom Conselho, não chegaram a um entendimento e a GREVE, que nesta terça-feira (23) completa 50 dias, deverá continuar. Segundo as informações repassadas ao blog, uma nova rodada de negociações deverá ser iniciada na próxima sexta-feira (26).

Os professores entre outras coisas, cobram o reajuste de 7,64% anunciado pelo governo federal no início do ano e que até agora não foi efetivado nos salários dos docentes. A prefeitura por sua vez, alega que vem repassando todos os direitos a que os professores possuem e, segundo informações (não oficiais), ofereceu um reajuste de 3% aos profissionais.

A GREVE do município de Bom Conselho está rompendo fronteiras e o movimento é comentário diário nos sistemas de educação de toda a região. A repercussão anda tão grande que na última segunda (22), o Bom Dia Brasil, repercutiu o movimento grevista em seu jornal diário matutino.

O fato é que os salários dos profissionais é composto por duas leis específicas. A primeira é a lei 11.738/2008, a chamada lei do piso e a segunda é a própria lei municipal que comumente a chamamos de PCC onde cada município possui sua própria lei. Outro fato é que PROFESSORES e PREFEITURA precisam urgentemente chegarem a um acordo.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Após Armando Monteiro cobrar explicações e criticar Paulo Câmara, PSB bate forte e rasteiro no petebista

Após Armando Monteiro cobrar explicações e criticar Paulo Câmara, PSB bate forte e rasteiro no petebista

Resultado de imagem para sileno guedes

Por Sileno Guedes*
“O senador Armando Monteiro, conhecido em Pernambuco como o "ministro do desemprego", mente reiteradamente quando fala do PSB. Foi esse mesmo partido e o ex-governador Eduardo Campos que possibilitaram que ele se elegesse, apesar de ser um candidato "pesado", como se diz. Era até então um inexpressivo deputado que, depois de circular por todos os campos políticos de Pernambuco, só venceu uma eleição majoritária tirando proveito da popularidade de Eduardo.
Armando, mais uma vez, tenta surfar no noticiário. Tenta surfar na honra de homens públicos sérios, como o ex-governador Eduardo Campos - que nem está entre nós para se defender -, o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Julio.
O PSB, desde o primeiro momento, defendeu e defende as investigações de todas as operações de combate à corrupção. Em todos os episódios citados pelo "senador do desemprego", o PSB jamais se esquivou de prestar os esclarecimentos necessários. É mentira que o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Julio sejam objetos de alguma ação judicial.
Atribuir malfeitos ao governador Paulo Câmara decorre mais de um desejo de Armando do que a realidade dos fatos. A verdade é que o senador do PTB só pensa exclusivamente nas eleições de 2018.
Armando pouco se importa com as pernambucanas e pernambucanos desempregados.   Sua trajetória comprova total incapacidade administrativa tanto no setor privado, quando quebrou de usina a banco e agora, mais recentemente, quando protagonizou como ministro uma das maiores crises econômicas da história do Brasil, sendo responsável direto pelo número recorde de desempregados no país, entre 2015 e 2016.
Ao contrário de Armando, Paulo Câmara é um líder que pensa na vida dos que mais precisam. Paulo trabalha para criar empregos, melhorar a Educação, a Saúde e a Segurança Pública.
Não é Armando e meia dúzia de bajuladores que o cerca que vão tirar Paulo e o PSB de Pernambuco do compromisso com os que mais precisam”.  

*Presidente do PSB de Pernambuco

Greve dos PROFESSORES de Bom Conselho e citada em matéria do BOM DIA BRASIL desta segunda-feira (22)

Greve dos PROFESSORES de Bom Conselho e citada em matéria do BOM DIA BRASIL desta segunda-feira (22)

Resultado de imagem para greve professores bom conselho

Durante reportagem do Bom Dia Brasil da Rede Globo, desta segunda-feira (22), a GREVE dos professores do município de Bom Conselho serviu para ilustrar o descaso dos governos com a educação. A matéria do Bom Dia Brasil é sobre a suspensão de repasses à educação por parte do governo federal, segundo a reportagem um problema de ordem jurídica deverá afetar alguns estados nordestinos, como Alagoas e Pernambuco. No total serão cinco estados afetados.

A GREVE dos professores da cidade de Bom Conselho chega aos 49 dias de paralisação, onde professores, sindicato, secretaria de educação e prefeitura, ainda não chegaram a um acordo. Segundo informações repassadas ao blog, uma reunião entre professores e representantes da prefeitura deverá estar acontecendo nesta segunda (22) ou terça (23). É aguardar e torcer para que aconteça um entendimento entre as partes.

Confira a reportagem em ESCOLAS PÚBLICAS DE CINCO ESTADOS TERÃO R$ 800 MILHÕES A MENOS em:  globo.com/bom dia brasil.

Delação da JBS envolvendo políticos pernambucanos embaralha disputa para 2018

Delação da JBS envolvendo políticos pernambucanos embaralha disputa para 2018

Após delações da JBS, há quem aposte em repetição da polarização entre Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro Neto (PTB) / Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

Em Pernambuco, as delações da JBS zeraram o jogo político, mudaram a correlação de forças e tornaram indefinidas todas as apostas para a disputa eleitoral de 2018. Cotados para a disputa de cargos majoritários, os ministros das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), e Mendonça Filho (DEM), não sabem se o presidente Michel Temer (PMDB) conseguirá concluir o mandato. O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), cujo poder de fogo no PSB dependia da estreita ligação com o Planalto, viu o fortalecimento do grupo interno do partido que prega o rompimento com o governo federal.

Já o governador Paulo Câmara (PSB), que poderia se favorecer do enfraquecimento dos políticos ligados a Temer, foi pessoalmente acusado pelo diretor Ricardo Saud de receber dinheiro para a campanha de 2014. Por ora, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) é o único a ficar de fora do furacão JBS. No grupo do petebista, que trabalhava com a hipótese de múltiplas candidaturas de oposição, a aposta passou a ser que a disputa do próximo ano repita a polarização de 2014.

Aliados de Armando, porém, avaliam que a crise no governo Temer coloca em suspensão, ao menos por enquanto, os gestos de aproximação dele com PSDB e DEM. A tese de uma reaproximação com o PT também começou a ganhar força, embora exista resistências entre os próprios aliados a serem vencidas.

No PT, o golpe político em Temer foi visto como uma brecha de oportunidades, mas que precisa ser dosada. Os petistas entendem que os próximos passos do partido dependerão da candidatura presidencial do ex-presidente Lula (PT); também enrolado na Justiça. A possibilidade de repetir a dobradinha com Armando, inclusive, é vista dentro da leitura de que medidas poderiam fortalecer o palanque de Lula no Estado. Outra prioridade para os petistas é voltar a eleger deputados federais e garantir uma bancada na Assembleia Legislativa.

No PSDB, toda a estratégia dependerá do rearranjo nacional. Bruno Araújo, que vinha se movimentando de maneira voraz em busca de apoios para se viabilizar na disputa um cargo majoritário, entrou na lista de delatados da JBS. O tucano também ameaçou abandonar Temer no auge da crise contra o presidente e viu seu principal aliado na Direção Nacional, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), ser afastado da presidência nacional do partido e tragado para o centro de uma investigação judicial.

PSB

Aliados do governador Paulo Câmara quase comemoravam as delações da JBS. Com Bruno e Mendonça enfraquecidos pela situação de Temer e a sensação de que FBC e o vice-governador de São Paulo, Márcio França, caminhavam para perder a briga pelo comando nacional do PSB, a avaliação de socialistas e aliados era de que o principal impacto para Paulo Câmara seria de ordem administrativa. Investimentos federais, convênios e empréstimos travados poderiam atrapalhar a capacidade de entregas do governador; com a autonomia de Suape sendo o principal exemplo.


A situação, porém, terminou crítica depois que o próprio Paulo foi implicado nas delações; levando a oposição a ventilar inclusive a possibilidade de “abreviar o mandato”. O Palácio do Campo das Princesas já brigava para reverter a rejeição ao governador e resolver a crise na área de segurança pública, vistos como gestos fundamentais para se fortalecer para 2018. De quebra, o principal nome alternativo do PSB, o prefeito Geraldo Julio, também foi acusado de cobrar dinheiro no esquema; o que queima um dos trunfos do partido. Paulo Veras do JC Online

TEREZINHA – Oposição diminui de tamanho, vereador Dudé fecha com grupo do prefeito

TEREZINHA – Oposição diminui de tamanho, vereador Dudé fecha com grupo do prefeito


A oposição no município de Terezinha, diminuiu de tamanho. O grupo oposicionista contava com três vereadores eleitos nas eleições de 2016 e agora o vereador DUDÉ, aderiu ao grupo político do atual prefeito, Matheus Martins (PSB) e deixou os governistas ainda mais fortalecidos. O prefeito agora conta com 7 dos 9 vereadores possíveis. Dudé está no seu segundo mandato.

A oposição agora conta apenas com os vereadores, Adriano Campos (PCdoB) e Bambão do gás (PSD), ambos continuam ligado a ex-candidata, Nadir Ferro (PSD). O vereador Adriano acaba tendo uma independência partidária, mas, mesmo assim se mantém na oposição.



Nadir Ferro dá sinais de que continua na política terezinhense e no último domingo (21) esteve reunida com o deputado federal, Zeca Cavalcanti (PTB) na cidade de Garanhuns. Na reunião Nadir viabiliza uma visita de Zeca a Terezinha, com o objetivo de ver as demandas mais urgentes para o município.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

PF interceptou ligação entre Aécio Neves e o ministro Gilmar Mendes

PF interceptou ligação entre Aécio Neves e o ministro Gilmar Mendes

Resultado de imagem para gilmar mendes e aécio

A Polícia Federal interceptou pelo menos uma conversa telefônica entre o presidente do TSE, o ministro Gilmar Mendes, e o senador – agora afastado e investigado – Aécio Neves (PSDB). De acordo com o relatório policial, o diálogo aconteceu no dia 26 de abril e Aécio pediu ao ministro para que telefonasse para o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) para convencê-lo a votar a favor do projeto de lei de abuso de autoridade.

"Nesse diálogo, o senador investigado (Aécio) pede que o magistrado converse com Flexa Ribeiro para que este siga a orientação de voto proposta por Aécio", diz o trecho da delação. O voto em questão é sobre o projeto que tratava de “abuso de autoridade” que está em discussão no Congresso Nacional.

De acordo com os documentos divulgados nesta sexta-feira (19), os telefones de Aécio e Loures foram interceptados judicialmente. Ou seja, não houve interceptação nos aparelhos do ministro Gilmar Mendes e do presidente Michel Temer, que teve uma ligação interceptada com o ex-assessor e atual deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR).

Loures é um dos homens de confiança de Temer e, na conversa, o presidente fala sobre a expectativa que o deputado tinha sobre as novas regras para o setor de portos. Os relatórios sobre as ligações foram divulgados na tarde desta sexta-feira (19) por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. Do JC Online.