quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Indícios de lavagem de dinheiro na arrecadação das multas dos mensaleiros

INDÍCIOS DE LAVAGEM DE DINHEIRO NA ARRECADAÇÃO DAS MULTAS DOS MENSALEIROS
 
 


A velocidade como os mensaleiros arrecadaram os valores das suas multas, a partir do ex-deputado José Genoíno (PT-SP), estendendo-se a Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido, e agora o ex-ministro José Dirceu, é muito estranha.
Existe uma desconfiança geral de lavagem de dinheiro com o mesmo dinheiro do mensalão, ou quem sabe, as sobras do mensalão. Desconfiado, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, defendeu, ontem, uma investigação rigorosa sobre essa nova malandragem dos mensaleiros.

Mendes, como qualquer brasileiro sensato, disse que está achando tudo isso muito esquisito. Segundo ele, ocorreu uma coleta de dinheiro com grandes facilidades. E o próprio ministro fez a seguinte indagação:

“Essa dinheirama que está voltando é de militantes ou estão distribuindo dinheiro para fazer esse tipo de doação?” E acrescentou com a mesma desconfiança que abordamos neste espaço:
 “Será que não há um processo de lavagem de dinheiro aqui?” Mendes foi mais além: “O Ministério Público tem que olhar isso. Imaginem os senhores, com organizações sindicais, associações, distribuindo dinheiro por CPF. Essa gente, eles não são criminosos políticos, não é gente que lutava por um ideal e que está sendo condenado por isso. São políticos presos por corrupção. É disso que estamos falando. Então, há algo de estranho nisso”.

Evidentemente, que tudo leva a uma grande lavanderia e mais uma vez os mensaleiros zombam da justiça brasileira. José Genoíno, que deu a largada, arrecadou R$ 700 mil em uma semana.
Depois, Delúbio recebeu mais de R$ 600 mil num único dia, chegando ao final a arrecadar mais de R$ 1 milhão. Foi tanto dinheiro que deu uma sobrinha para ajudar o companheiro Dirceu a pagar a sua multa. Gilmar Mendes colocou, com muita propriedade, o dedo na ferida.

O Supremo, que mandou os mensaleiros para a cadeia, agora sugere que o Ministério Público possa rastrear a rede desta vergonhosa lavanderia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidades, não ofenda e nem acuse a quaisquer cidadão. afinal o blog, o blog é de vocês.