sábado, 25 de abril de 2015

CONCURSO DA POLÍCIA CÍVIL DE PERNAMBUCO É SUSPENSO – IAUPE É A ORGANIZADORA

CONCURSO DA POLÍCIA CÍVIL DE PERNAMBUCO É SUSPENSO – IAUPE É A ORGANIZADORA

O concurso público para delegado da Polícia Civil do Estado de Pernambuco (PCPE) acaba de ser suspenso segundo o advogado Rodrigo Almendra, especialista em certames públicos. Ele foi o responsável por impetrar o pedido na Justiça Estadual a pedido de uma cliente, candidata no processo seletivo. O juiz responsável pela liminar é Évio Marques, da 2ª Vara da Fazenda da Justiça do Estado. O número do processo é: 21653-85.2015.8.17.0001.

Segundo Almendra, o objetivo da medida é prevenir possíveis fraudes na avaliação. A Associação dos Delegados da PCPE (Adeppe) já havia ingressado com um pedido de representação junto ao Ministério Público (MPPE) por acreditar que a banca não tem conhecimento técnico para elaborar uma prova para um cargo tão importante. A prova estava marcada para ocorrer neste domingo, dia 26, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

"O concurso foi suspenso por suspeita de irregularidades em relação à banca examinadora. O argumento utilizado pelo magistrado é a utilização da cautela e visa evitar fraudes”, afirmou Almendra. Para o jurista, não há como prever se outra organizadora será escolhida para planejar o certame. “É cedo para falar”, declarou.

Segundo o coordenador do Conupe, Glêdston Emerenciano, o Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (Iaupe/UPENet) continua trabalhando como se o certame fosse ocorrer. “A decisão foi realizada por meio de uma liminar, que ainda pode ser derrubada já que ela é passível de cancelamento. Certamente, a Secretaria de Defesa Social (SDS) irá tentar manter o concurso. Estamos dando continuidade a esse trabalho, treinando e orientando a fiscalização como se nada tivesse ocorrido”, declarou Glêdston Emerenciano.

Já a SDS enviou a seguinte nota sobre o assunto: “até o momento, a Secretaria de Defesa a Social – SDS não foi oficialmente informada sobre o pedido de suspensão do concurso para delegado da Polícia Civil de Pernambuco marcado para o domingo (26/04). Em tempo, a SDS esclarece que, caso aconteça, tomará as medidas cabíveis no âmbito judicial”.

OPERAÇÃO MERCADOR - Recentemente, o Iaupe foi citado na Operação Mercador da PCPE, deflagrada na última sexta-feira, dia 17, pela delegada Patrícia Domingos. A investigação é relacionada à fraude no concurso da Prefeitura de Ipojuca, Litoral Sul. Durante a apresentação dos onze presos, Domingos afirmou que a banca era vítima nesse processo, pois não havia indício de sua participação no esquema até aquela data.


Fonte: Carlos Eugênio

sexta-feira, 24 de abril de 2015

PROFESSORES FAZEM MANIFESTAÇÃO E SÃO AGREDIDOS PELA PM

PROFESSORES FAZEM MANIFESTAÇÃO E SÃO AGREDIDOS PELA PM

ALUÍSIO LESSA TERIA CHAMADO PROFESSORES DE VAGABUNDOS


Professores em greve impedidos de ter acesso para fazer uma manifestação no seminário Todos por Pernambuco, denunciaram, há pouco, ao blog, que foram vítimas de agressões físicas por parte do aparato militar que impediu o acesso da categoria até o local em que estava o governador Paulo Câmara.
A professora Viviane Barbosa (na foto acima), de Itapissuma, que veio com um grupo de aproximadamente 200 professores do Recife para Palmares, denunciou que sofreu uma agressão física de um major da PM que estava fazendo a segurança do evento. Ela chegou, inclusive, a exibir para o blog imagens que fez em seu celular sendo violentada pelo militar.
Os professores, vestidos de vermelho e com uma frase na camisa: “100% prometeu, cumpra!”, denunciaram ainda o deputado estadual Aluísio Lessa (PSB). Segundo os professores Cristiano e Jaime, o deputado chamou os manifestantes de vagabundos. “Ele desceu o vidro do carro e nos agrediu com impropérios. Disse: vão trabalhar vagabundos”, afirmou Jaime. O professor Cristiano disse que a partir de agora, o deputado Aluísio Lessa será persona não grata aos professores. Segundo ele, o destempero verbal do parlamentar foi presenciado por vários professores que se encontravam na manifestação.
O ato de hoje em Palmares é o segundo que os professores em greve promovem em locais com a presença do governador. Ontem, em Timbaúba, eles bloquearam a estrada de acesso à Escola Estadual Miguel Arraes onde foi realizado o Todos por Pernambuco, obrigando o governador a sair com a sua equipe pelos fundos da escola.

Fonte: Magno Martins

EDITAL DO CONCURSO DA PREFEITURA DE SALOÁ RECEBE SUA 5ª ALTERAÇÃO

EDITAL DO CONCURSO DA PREFEITURA DE SALOÁ RECEBE SUA 5ª ALTERAÇÃO


O instituto ADM&TEC, escolhido para ser o organizador do concurso da Prefeitura Municipal de Saloá, no Agreste Meridional de Pernambuco (260 km do Recife), cidade que é administrada pelo prefeito, Ricardo Alves (PMDB), promoveu nesta sexta-feira (24) a 5ª (quinta) alteração do edital, que norteou a realização do concurso que aconteceu no último Sábado (18) e Domingo (19), para preenchimento de 134 vagas imediatas.

As mudanças aconteceram apenas no cronograma do concurso e algumas datas foram modificadas. A divulgação do Gabarito Final e da divulgação do resultado preliminar das provas de Títulos e de Experiência acontecerá até o dia 30 de Abril.

OBS: Na 5ª alteração do edital, mostra a data de 30 de Maio como sendo o prazo para divulgação final de Gabarito, Títulos e Experiências, o que acreditamos ter sido erro de digitação, pois o próprio documento mostra a data de 22 de Maio como sendo a data final de divulgação de todos os resultados do concurso.

A nova data para convocação das provas práticas (Operador de Máquinas) será até o dia 06 de Maio e as provas práticas no dia 10 de Maio.

Boa notícia – Um dos pontos que estava sendo motivo de muita reclamação dos concurseiros, principalmente os que fizeram provas para professor é que não havia prazo para recurso da prova de títulos e de experiência. A boa notícia é que agora todos terão o prazo entre 04 e 06 de Maio para entrarem com recurso na questão das provas de títulos e de experiências.


Confiram o documento com os novos prazos e datas


MINISTÉRIO PÚBLICO CONSIDERA ASSÉDIO MORAL ATITUDE TOMADA PELO GOVERNO EM RELAÇÃO A GREVE PROFESSORES

MINISTÉRIO PÚBLICO CONSIDERA ASSÉDIO MORAL ATITUDE TOMADA PELO GOVERNO EM RELAÇÃO A GREVE PROFESSORES

O Ministério Público de Pernambuco e o Ministério Público do Trabalho consideraram assédio moral as atitudes tomadas pelo governo do estado em relação a greve dos professores da rede estadual. Em audiência pública, nesta quinta-feira (23), os órgãos reuniram as denúncias dos professores e prometeram entrar em contato com o governo, a fim de organizar um encontro e tentar resolver o problema de maneira diplomática. Entretanto, deixaram claro que, caso o estado se recuse a conversar, o MPPE entrará com uma ação pública contra o órgão. “O ministério escolheu tentar conversar, mas juntou todos os elementos necessários para uma ação”, explicou Heleno Araújo.

Durante a reunião, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe) expôs as angustias da categoria. “Alguns docentes de escolas de referência têm recebido ligações mandando que voltem ao serviço, sob ameaça de transferência”, afirma Heleno Araújo, ex-presidente do Sintepe e diretor de Assuntos Educacionais do sindicato.

Nenhum representante do governo do estado compareceu a reunião. A audiência foi organizada pela Comissão de Cidadania e Direitos Humano, presidida por Edilson Silva, e contou com a presença do coordenador do Centro de Apoio Operacional do MPPE, Marco Aurélio, da deputada Teresa Leitão e da vereadora Marília Arraes, além da procuradora do Trabalho Melícia Carvalho Mesel, que representou o MPT, e de vários professores do Sintepe. "O plenário ficou lotado, não coube todo mundo. Quem ficou lá em baixo, fechou o trânsito em frente à Casa", disse o diretor de Assuntos Educacionais do sindicato.

Greve

Ainda de acordo com o diretor de Assuntos Educacionais, o Sintepe marcou uma assembleia para discutir a greve, na próxima segunda-feira (27). Até a reunião, a categoria seguirá em greve.

Fonte: Diário de Pernambuco

VEREADORA ANA SOLICITA INSTALAÇÃO DE CÂMERAS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA NA CIDADE DE SALOÁ

VEREADORA ANA SOLICITA INSTALAÇÃO DE CÂMERAS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA NA CIDADE DE SALOÁ

A segurança pública é um tema cada vez mais preocupante e hoje é um dos pontos chave em qualquer administração pública. O aumento da violência em todas as cidades configura um dos maiores desafios para os gestores. Neste sentido e buscando sempre oferecer uma maior segurança para os cidadãos, os investimentos na área da segurança tornam-se cada vez mais imprescindíveis.

Na última quinta-feira (23), durante realização de sessão ordinária da câmara de vereadores de Saloá, a vereadora Ana, teve seu requerimento aprovado, onde a experiente legisladora solicita ao chefe do poder executivo Saloaense, o Sr. Ricardo Alves (PMDB), a instalação de câmeras de segurança e vigilância em pontos estratégicos da nossa cidade. A ação visa coibir quaisquer tipos de violência que possam vir a ocorrer.

Recentemente nosso município, mais especificamente nossa cidade, foi vítima de um assalto ao Banco do Brasil local, e câmeras de segurança poderiam ter ajudado as forças polícias a identificarem os criminosos.


A solicitação da vereadora também está em consonância com a questão da segurança pública, que passou a ser considerada problema fundamental e principal desafio ao estado de direito no Brasil. A segurança ganhou enorme visibilidade pública e jamais, em nossa história recente, esteve tão presente nos debates tanto de especialistas como do público em geral. 

GOVERNOS ESTÃO MARGINALIZANDO PROFESSORES E TENTAM DIFUNDIR QUE PROFESSORES SÃO RESPONSÁVEIS POR DIFICULDADES FINANCEIRAS

GOVERNOS ESTÃO MARGINALIZANDO PROFESSORES E TENTAM DIFUNDIR QUE PROFESSORES SÃO RESPONSÁVEIS POR DIFICULDADES FINANCEIRAS


A inversão de papéis já começou e com ele vem a caça às bruxas, ou para ser mais concreto, efetivo e direto começou à caça aos professores. Os referidos profissionais estão sendo colocados como bode expiatório das dificuldades financeiras de alguns governos, em uma clara “guerra fria”. Os professores estão sendo pintados como os “quebra prefeituras” ou “quebra estado”, como se fossem os “pobres” professores que quebrassem os governos e não a corrupção. Essa inversão de valores é muito perigosa para a sociedade, onde punem-se os trabalhadores e endeusam os corruptos e corruptores

Alguns políticos desavisados já elegeram a classe como inimigos nº 01 de seus governos e manobras são comuns, para poderem usurparem dos direitos dos trabalhadores. Esses políticos precisam entender que quem quebra os governos e o Brasil são os próprios políticos, corruptos e ladrões. E ainda tem políticos que fazem discursos efusivos e eloquentes em defesa dos governos.
A onda não é azul e nem vermelha, a onda no Brasil agora é aumentar impostos e tirar os direitos de quem já os conquistou a custa de muito esforço, sangue e suor. 

Quantos professores já não foram agredidos verbal e fisicamente neste país, quantos professores já não foram mortos neste país, professores que estão presentes nas mais violentas e perigosas favelas deste Brasil, estão presentes DIARIAMENTE, ensinando e levando o conhecimento acumulado da história do homem neste planeta. Sobre estarmos presentes nos locais mais perigosos deste país, nem A POLÍCIA vai onde nós professores vamos.

Mas, Alguns governos continuam a desvalorizar e operar os professores. Deveriam no mínimo terem vergonha na cara lisa e lembrarem de quando UM DIA passaram nas nossas mãos. Nós vamos para dentro dos presídios e cadeias e lecionamos para os mais perigosos seres humanos, e lá somos RESPEITADOS e tratados com RESPEITO, e o político o que é que faz mesmo?


Wellington Freitas, Professor, Blogueiro e vereador*

QUADRILHA ESPECIALIZADA EM FRAUDAR CONCURSO É PRESA

QUADRILHA ESPECIALIZADA EM FRAUDAR CONCURSO É PRESA


“Onze homens foram presos durante a Operação Mercador da Polícia Civil do Estado (PCPE) por fraude no concurso público para agente de trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte do Ipojuca (Amttrans), organizado pelo Conupe/Iaupe. As prisões aconteceram na última quinta-feira, dia 16. Os acusados foram encaminhados ao Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, onde aguardam julgamento. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Patrícia Domingos, da Delegacia de Crimes Contra Administração e Serviços Públicos (DECASP), os criminosos usavam ponto eletrônico para passar as respostas a candidatos. Dos 11 acusados, nove são servidores públicos.

O ponto era comprado por R$ 1.500 ou R$ 2.000. Após a investidura no cargo, os beneficiados deveriam completar a quantia de R$ 20 mil, paga através de empréstimo consignado. Os 19 primeiros colocados tiraram a mesma nota. Eles acertaram todas as questões, com exceção da 18ª, em que marcaram a mesma alternativa equivocada: a letra “E”. As investigações já duram dois meses. Os R$20 mil eram cobrados de forma violenta. “Havia pessoas armadas dentro dessa quadrilha, que participavam do Curso de Formação, com o único objetivo de ameaçar essas pessoas, caso esses valores não fossem pagos”, informou a Delegada.

QUADRILHA - O líder da quadrilha, o técnico judiciário do Tribunal de Justiça do Estado (TJPE) Anderson Lima Ribeiro, 32 anos, não chegou a ser preso, pois foi assassinado dias antes da deflagração da operação, no último dia 14, em Salgadinho, Olinda. A Polícia não sabe ainda se a causa do homicídio tem ligação com o crime. Além dele, o chamado “braço intelectual” da organização criminosa era composto pelos guardas municipais do Recife Thiago Vaz de Araújo Silva, 31, e Thiago Augusto Nogueira Leão, 29. O “braço armado” era liderado pelo agente penitenciário Márcio Manoel Soares Gomes (conhecido como Márcio Bronca), 37 anos, além do guarda de Itapissuma Jonata Zoberto Verçosa de Lima, 31, e do motorista da Prefeitura de Carpina Clélio Torres de Paiva Júnior, 30.

Os demais – Brunno Henrique de Sena, 20; Augusto César Nascimento da Silva, 38; Gledson Antônio Bandeira, 27; Elter Leão de Castro, 26; e Jefferson Faustino da Silva, 29, que se entregou ontem, dia 22, no Fórum de Ipojuca – realizavam aliciamento de compradores e cobranças. Luiz Alex de Oliveira Cavalcanti, 25, foi preso, porém não tem ligação com a quadrilha. Ele, que ficou em 102º lugar no certame, se entregou à Polícia e apresentou dois cadernos de prova, um deles foi comprado por R$ 5 mil. Ele era porteiro da Universidade de Pernambuco (UPE).

 “A quadrilha agia da seguinte forma: alguns dos membros se inscreviam no concurso que seria fraudado, no caso para agente de trânsito de Ipojuca. Eles faziam a prova, cada qual era responsável por fazer uma disciplina. Eles saiam antes do horário final da prova, se reuniam, montavam o gabarito global da prova e após a montagem desse gabarito eles, simplesmente, repassavam através de ponto eletrônico para os beneficiários da fraude”, afirmou Patrícia Domingos. Além de passarem as respostas da avaliação objetiva, alguns deles participaram do Curso de Formação, última etapa da seleção, já que, ao final do Curso, que é eliminatório e classificatório, os candidatos precisariam fazer uma prova final, que também sofreria o mesmo esquema de fraude.

DENÚNCIA - A suspeita de fraude foi denunciada pelos próprios populares. “Houve várias denúncias de populares, as informações chegaram até a Prefeitura de Ipojuca, que acionou o Ministério Público (MPPE), que acionou a Polícia”, esclareceu Domingos. Segundo a delegada, a própria administração pública suspendeu a realização da prova final do Curso. Não há confirmação de envolvimento dos acusados em outros crimes relacionados a seleções públicas. A integração deles com organizações de outros estados do País ainda está sendo investigada pela Polícia.


A Prefeitura esclareceu a situação por meio de nota oficial: “A Prefeitura do Ipojuca esclarece que, diante das informações divulgadas pela Polícia Civil, o Concurso Público realizado em 2014 está suspenso desde janeiro deste ano a pedido da própria prefeitura, que encaminhou o processo ao MPPE solicitando a suspensão. Os candidatos envolvidos nas fraudes receberão as punições administrativas cabíveis. A Prefeitura do Ipojuca aguarda notificação oficial da Polícia Civil e irá esperar a decisão do Ministério Público para dar andamento ao processo deste concurso”, disse a nota.

De acordo com a delegada Patrícia Domingos, o Conupe/Iaupe, organizador do concurso, é considerado vítima da ação da quadrilha, até o momento. Os integrantes da quadrilha vão responder por associação criminosa e fraude contra certames, cujas penas somadas podem chegar a sete anos de reclusão. Os beneficiados, ainda em investigação, serão julgados pelo crime de fraude em certames, que prevê quatro anos de detenção, no máximo”.

Reportagem: Blog dos Concursos/Folha de Pernambuco
Fonte da Matéria: Blog do Carlos Eugênio

quinta-feira, 23 de abril de 2015

TERCEIRIZAÇÃO É APROVADA PARA QUALQUER ATIVIDADE

TERCEIRIZAÇÃO É APROVADA PARA QUALQUER ATIVIDADE


A Câmara dos Deputados concluiu nesta quarta-feira (22) a votação do projeto de lei que regulamenta contratos de terceirização.  O texto principal foi aprovado no último dia 8, mas a análise de emendas (propostas de alteração do texto apresentadas pelos partidos) ficou para esta semana. O projeto agora segue para votação no Senado.

Apesar da intensa campanha do PT e da Central Única dos Trabalhadores (CUT), o plenário manteve o ponto de maior polêmica da proposta – a permissão para terceirizar qualquer atividade.

Atualmente, uma súmula do Tribunal Superior do Trabalho (TST) prevê que as empresas só podem subcontratar serviços para o cumprimento das chamadas atividades-meio, mas não atividades-fim. Ou seja, uma universidade particular pode terceirizar serviços de limpeza e segurança, mas não contratar professores terceirizados. Pelo projeto aprovado na Câmara, essa limitação não existirá mais. O PT tentou votar uma emenda que alterava o projeto para manter a restrição à terceirização de atividades-fim.

No entanto, o plenário aprovou antes uma outra emenda, de autoria do PMDB, que reforça a possibilidade de terceirização de qualquer função ao definir empresa contratada como "associações, sociedades, fundações e empresas individuais" que prestem serviços relacionados à "parcela de qualquer atividade da contratante"


PROGRAMAÇÃO CINE ELDORADO DE 23 À 29 DE ABRIL

PROGRAMAÇÃO CINE ELDORADO DE 23 À 29 DE ABRIL

Dois excelentes filmes de ação estão em cartaz neste final de semana no Cine Eldorado em Garanhuns. Trata-se dos filmes, Velozes e Furiosos 7, que tornou-se o filme que mais rápido atingiu a marca de $1 bilhão arrecadado, muito impulsionado por ter sido o último filme do ator morto o ano passado em acidente de carro, Paul Waker.


O segundo filme é o blackbuster e arrasa quarteirão, Os vingadores 2 – A era de Ultron. Com direito à Hulk, Homem de Ferro, Thor e Capitão América o filme promete ser outro grande nome para 2015.


Confiram os trailers




ARMANDO MONTEIRO É OPERADO DO CORAÇÃO EM SÃO PAULO

ARMANDO MONTEIRO É OPERADO DO CORAÇÃO EM SÃO PAULO


O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, foi submetido nessa terça-feira, dia 21, a um cateterismo no Hospital Sirio-Libanês, em São Paulo, informou a assessoria de imprensa da pasta. O cateterismo é um procedimento invasivo que serve para examinar vasos sanguíneos e o interior do coração.

Segundo a assessoria do ministério, o procedimento estava agendado. Ainda de acordo com a pasta, Monteiro “passa bem”. Não há previsão de quando ele receberá alta.

Ao G1, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio informou que, durante o cateterismo, foi colocado um stent (equipamento utilizado para desobstruir artérias) no coração do ministro. Segundo a pasta, o procedimento foi "bem-sucedido" e Armando Monteiro aguarda alta nos próximos dias.

Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento:

"O ministro Armando Monteiro passou por procedimento de cateterismo no dia de ontem, em São Paulo, para colocação de um stent no coração. O procedimento foi bem-sucedido, o ministro passa bem e aguarda alta nos próximos dias.


COM INFORMAÇÕES DO g1 VIA BLOG DO Carlos Eugênio

quarta-feira, 22 de abril de 2015

MP-PE RECOMENDA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO EM BOM CONSELHO E TEREZINHA

MP-PE RECOMENDA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO EM BOM CONSELHO E TEREZINHA


Essa é destaque no Portal V&C Garanhuns:

“O Ministério Público de Pernambuco, através da Promotoria de Justiça de Bom Conselho, recomendou aos presidentes das Câmaras de Vereadores e aos Prefeitos de Bom Conselho e Terezinha, que realizem, no mais breve espaço de tempo possível, concursos públicos naquelas Organizações.

Segundo o MP, as prefeituras de Bom Conselho e Terezinha vêm contratando sistematicamente servidores temporários para funções que deveriam ser ocupadas por cargos efetivos. "Na maioria das secretarias municipais de Bom Conselho e Terezinha, o número de servidores comissionados supera de cargos efetivos evidenciando subversão à regra do concurso público", diz parte do documento publicado no Diário Oficial.

A recomendação da Promotoria de Justiça aos dois Prefeitos registra que adotem providências em um prazo de 180 dias para que seja aberto Concurso Público para o preenchimento de cargos efetivos vagos, cujas funções estão sendo executadas por servidores temporários. O último concurso realizado pela Prefeitura de Bom Conselho aconteceu em 2007. Já em Terezinha, o último certame foi realizado em 1999.

LEGISLATIVO - Com relação às Câmaras Municipais, a recomendação é que Concursos sejam abertos num prazo de 90 dias, tanto em Terezinha, quanto em Bom Conselho. O último concurso público para a Câmara de Bom Conselho ocorreu há 12 anos, em 2003. Sobre a Câmara de Terezinha não há registro da realização de certames público para ocupação de cargos efetivos.

A Promotoria de Justiça de Bom Conselho deverá firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto aos Prefeitos e Presidentes das Câmaras daqueles Municípios visando documentar as recomendações expedidas”.

(Com informações do http://www.vecgaranhuns.com/ )


GARANHUNS TERÁ INTERNET GRÁTIS DURANTE FESTIVAL DE INVERNO 2015

GARANHUNS TERÁ INTERNET GRÁTIS DURANTE FESTIVAL DE INVERNO 2015


A Praça Mestre Dominguinhos e as avenidas Santo Antônio e Rui Barbosa serão os primeiros locais a disponibilizar internet wi-fi gratuita dentro do Programa Conecta Garanhuns. O sinal estará à disposição durante o Festival de Inverno deste ano.

A informação é do vereador Audàlio Filho (PSDC), autor da solicitação na Câmara de Vereadores. Ainda segundo Audálio, até o final do ano, a Prefeitura levará o sinal de internet gratuita às comunidades do Magano, Manoel Chéu, Vale do Mundaú, Cohab 2, Liberdade e trecho de Heliópolis.

Através do Conecta Garanhuns, serão implantados 25Km de fibra ótica, construindo um anel ótico de 15Km dentro do Município, e de hotspots (pontos de irradiação de sinal de internet) em pontos turísticos e de maior fluxo de pessoas, atendendo também aos prédios públicos, chegando ainda em alguns bairros periféricos. 

“O Conecta Garanhuns tem como coordenador o secretário Wanderley Gomes, que vem se empenhando na formatação e implantação do Projeto visando atender o intuito do Prefeito Izaías, que quer transformar Garanhuns em uma cidade digital com orçamento de mais de 5 milhões de reais”, registra Audálio, que complementa: “será um grande trabalho de inclusão digital que vai ser disponibilizado para nossa população”, finaliza o Parlamentar.


Reportagem: Blog Carlos Eugênio

terça-feira, 21 de abril de 2015

FALECEU PEDRO EUGÊNIO EX-DEPUTADO FEDERAL DO PT

FALECEU PEDRO EUGÊNIO EX-DEPUTADO FEDERAL DO PT

pedro4

O Partido dos Trabalhadores (PT) acaba de perder mais um grande nome. Faleceu há pouco mais de uma hora o ex-deputado federal pernambucano Pedro Eugênio, de 66 anos. A informação foi confirmada pelo vice-presidente do PT em Pernambuco, Bruno Ribeiro. O político estava internado há três meses no Hospital São José – Beneficência Portuguesa, em São Paulo, devido a complicações cardíacas. Na semana passada voltou para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e não resistiu.

“Não conseguimos nem nos recuperar da perda de Manoel (deputado estadual petista Manoel Santos, que morreu no último dia 19) e recebemos agora esta notícia. Para mim é uma perda política e pessoal”, destacou Bruno, que esteve há vinte dias com Pedro, que, mesmo no hospital, celebrava a chegada da primeira neta.

Os problemas cardíacos de Pedro Eugênio começaram há quatro anos. Durante uma reunião na sede da Amupe, ele passou mal e precisou ser socorrido às pressas. Exames apontaram que ele tinha um aneurisma no coração. O político passou por uma cirurgia e conseguiu se recuperar bem. Porém, há três meses, depois de passar por exames, identificou novas complicações.

Nome forte do partido, Pedro Eugênio não conseguiu se reeleger deputado federal na última campanha, depois de três mandatos.

TRAJETÓRIA POLÍTICA – Sua trajetória política começou ao lado do ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes, de quem foi secretário de Agricultura, em 1987, quando coordenou o Programa Chapéu de Palha. Ainda no mesmo governo, foi secretário de planejamento, assumindo em 1988. Em 1994, conseguiu seu primeiro mandato como deputado estadual pelo PSB. Em 1996, assumiu a Secretaria da Fazenda do novo governo Arraes.

Dois anos depois, ingressou no PPS e, em seguida, no PT. Em 1998, se elegeu deputado federal, cargo que ocupou mais duas vezes. Em 2011, foi eleito presidente do Diretório Regional do PT de Pernambuco. Em 2012 concorreu à Prefeitura de Ipojuca, mas ficou em 4º lugar, com apenas 2,981 votos.

Pedro era formado em economia pela Universidade Católica de Pernambuco. Casado com Carminha desde 1973, deixa duas filhas, Renata e Marina.

Com informações do blog do Jamildo

AVÓ FOI A MANDANTE DA CHACINA DE POÇÃO/PE QUE VITIMOU TRÊS CONSELHEIROS TUTELARES E UMA MULHER

AVÓ FOI A MANDANTE DA CHACINA DE POÇÃO/PE QUE VITIMOU TRÊS CONSELHEIROS TUTELARES E UMA MULHER


Sete pessoas foram indiciadas pela chacina que aconteceu em Poção, no Agreste do estado, em fevereiro deste ano, e que resultou na morte de três conselheiros tutelares da cidade e de uma mulher de 62 anos. As conclusões do inquérito foram divulgadas nesta segunda-feira (20), no Recife. Para a polícia, a oficial de justiça Bernadete de Lourdes Brito Siqueira Rocha, avó paterna da única sobrevivente da chacina - uma menina de 3 anos -, foi a mandante do crime, motivado pelo interesse na guarda da criança. "São dois motivos: primeiro a guarda da criança, que era uma disputa muito firme entre as duas familias. E também desavenças, ameaças mútuas, inclusive agressões verbais e físicas", diz o delegado Erick Lessa.

Bernadete teria recebido ajuda de um advogado que foi diretor da penitenciária de Arcoverde para contratar os executores. Também foi indiciado um homem que teria feito a ponte com os acusados de atirar nas vítimas. A polícia concluiu também quem foram os autores do crime -- um deles está preso em Caruaru, no Agreste, e o outro está foragido. Outros dois homens deram suporte e facilitaram a fuga dos assassinos. Dos sete indiciados, apenas esse suspeito de ser um dos atiradores está foragido.

O crime foi planejado desde 2014, de acordo com a polícia. Na ocasião da chacina, no último 6 de fevereiro, três conselheiros tutelares e uma mulher de 62 anos -- avó materna da neta de Bernadete Rocha -- foram mortos no sítio Cafundó, em Poção. A única sobrevivente da chacina foi a neta de Bernadete, uma criança de três anos. A avó paterna é acusada ainda de ter matado a mãe da criança por envenenamento, em dezembro de 2012.

Bernadete Rocha teria pago R$ 45 mil pelo crime, e tinha ainda a intenção de matar todos os parentes maternos que pudessem impedi-la de ficar com a guarda da neta, de acordo com a investigação, que foi concluída em pouco mais de dois meses.

O Ministério Público de Pernambuco vai encaminhar a denúncia ao Judiciário. O destino da menina ainda não foi definido. "Aquela criança presenciou as quatro mortes e, esteve, até a chegada da Polícia Miltiar e do Samu, imóvel, abraçada ao corpo da avó. Ela precisa de proteção do estado, de assistencia familiar, mas isso será verificado oportunamente", detalhou a promotora de Justiça Ana Clézia Ferreira Nunes.


Os sete acusados responderão por quatro homicídios duplamente qualificados e podem pegar até 210 anos de prisão. O pai da criança, que chegou a ser preso por suspeita de envolvimento com o crime, não foi indiciado. A investigação acredita que ele foi envolvido no crime pela própria mãe, mas não sabia de nada.

Do G1 e V&C Garanhuns